A Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam) divulgou, na última terça-feira, dia 02, o Edital de Divulgação do Local de Realização de Provas e a lista final de confirmação de inscritos no 1º Exame de Seleção para o Programa de Residência Jurídica da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). A prova será realizada no dia 07 de maio deste ano, domingo, das 8h às 12h, no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), na Avenida Ramos Ferreira, 875, Centro de Manaus.

O exame de seleção é destinado ao preenchimento de 10 vagas de alunos-residentes bacharéis em Direito e advogados. Os aprovados participarão do Programa de Residência Jurídica e receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 2.100.

A Esudpam comunica aos candidatos que os portões de acesso ao local da prova serão abertos às 7h30 (horário local) e fechados às 8h00. Todos devem comparecer com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o fechamento do portão de acesso ao local de realização da prova, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta fabricada em material transparente, seu documento original oficial de identificação com foto e o recibo de inscrição do candidato, nos termos do Edital nº 002/2017, que trata das normas da seleção.

A Esudpam também retifica, por meio do edital divulgado nesta quarta-feira, a lista de Confirmação de Inscrição e Resultado dos Pedidos de Hipossuficiência para a isenção da taxa de inscrição, publicada no Diário Oficial Eletrônico da DPE-AM em 25 de abril de 2017, e inclui as inscrições de nº 251, 252, 253, 254 e 255, nos termos do Edital de Convocação de Provas e Confirmação de Inscrição.

O Edital de Divulgação do Local de Realização de Provas e a lista final de confirmação de inscritos estão publicados no Diário Oficial Eletrônico desta terça-feira, dia 02, e no link da Esudpam, ambos no site da Defensoria Pública – www.defensoria.am.def.br. O candidato deve, obrigatoriamente, conferir todas as informações contidas nos editais que tratam do exame para Residência Jurídica.

O Programa de Residência Jurídica visa proporcionar aos bacharéis em Direito o aprofundamento no conhecimento sobre o modelo de assistência jurídica integral e gratuita prestado pela Defensoria Pública à população de baixa renda, disseminando na comunidade acadêmico jurídica, a visão técnico-jurídica sobre a atuação da instituição e proporcionando treinamento prático.