As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Saiba por que você tem os dentes amarelos e manchados

Muitos culpam o cigarro e o café pelo tom amarelado da dentição, mas nem sempre é o caso

Ter um sorriso branco transformou-se numa demanda estética e, para algumas pessoas, uma verdadeira obsessão. Mas a verdade, é que nem todos conseguimos ter os dentes totalmente brancos de forma natural.

Muitos culpam o cigarro e o café pelo tom amarelado da dentição, mas nem sempre é o caso.

Em declarações à BBC Mundo, Óscar Castro Reino, presidente do Conselho Geral de Colégios Odontológicos de Espanha, explicou o que poderá estar a amarelecer os seus dentes:

1. Causas genéticas

“A cor dos dentes depende de cada pessoa”, disse Óscar Castro Reino.

“Há um condicionante genético importante que define a coloração dos nossos dentes desde que nascemos”, afirmou.

Segundo Castro, também existem doenças congénitas “como a dentinogénese ou amelogénese imperfeita, que provocam problemas no esmalte ou na dentina, fazendo com que que estes adquiram uma cor amarelada ou até acastanhada”.

“É um processo herdado, de pais para filhos”, explicou.

Além disso, “as alterações endócrinas de hormonas da tiroide também influenciam a cor dos dentes e podem provocar manchas e alterar a cor”.

Leia Também: Lavar os dentes antes ou depois das refeições? Eis a questão

2. O que come e bebe

Alguns alimentos e bebidas têm pigmentos que podem passar pelos poros dos dentes ou, como os dentistas os chamam, os canalículos dentinários, da dentina.

Os mais conhecidos são o café e o chá preto. Outros são menos óbvios: Castro cita também o chá verde, cuja pigmentação pode amarelar os dentes, o vinho tinto e os refrigerantes.

O mesmo acontece com os alimentos que têm caroteno (um pigmento natural antioxidante), como tomate e cenoura.

Em alguns lugares, a água também pode amarelar os dentes, por ter “quantidades grandes de flúor, cujo excesso provoca manchas nos dentes”, explicou Castro.

3. Medicação e tratamentos

“Alguns tipos de antibióticos, como a tetraciclina, podem provocar uma alteração durante a formação do dente, fazendo com que este se desenvolva com uma cor parda estriada”, disse Castro.

Outros produtos que fazem com que os dentes fiquem amarelados, segundo o especialista, são os enxaguantes bucais.

Dentes com obturações de prata também podem ter a sua cor alterada, já que a obturação tem pigmentos que, segundo Castro, podem ser assimilados pelo dente e transformar a tonalidade.

Quando o nervo ou polpa do dente é danificado, este também pode escurecer.

4. O passar do tempo (e a falta de cuidados)

Outro fator é o tempo. À medida que envelhecemos, os dentes começam naturalmente a amarelecer.

“É normal que, com a idade, os dentes percam o tom branco, pois desde que nascemos até à morte submetemos-los a uma série de condições que provocam alterações”, disse Castro.

Mas também é fundamental a forma como cuidamos da dentição. E, acima de tudo, como os higienizamos.

“A higiene dental tem uma grande influência não só na cor dos dentes, tal como na sua saúde em geral”, explicou Castro. Por Minuto ao Minuto.

você pode gostar também