Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

São Raimundo vence o Manaus e Iranduba estreia contra o Oratório (AP)

Com dois gols de Negueba, Tufão venceu o Manaus por 2 a 1 e tem vantagem do empate para a disputa da taça. Já o Iranduba entra no Brasileirão A2 com um placar elástico, vencendo o Oratório por 7 a 1.

Na tarde do último sábado (15/05), aconteceu o primeiro jogo da final do Campeonato Amazonense 2021. Na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, o São Raimundo enfrentou o Manaus FC e saiu em vantagem para o segundo jogo, com dois gols de Negueba, a partida terminou 2 a 1 para o Tufão da Colina.

Aos cinco minutos do primeiro tempo, o Manaus FC perdeu um dos seus principais jogadores, o zagueiro Thiago Spice foi expulso, após falta cometida em Rossini. O Tufão aproveitou a bagunça na zaga adversária e abriu o placar com um golaço de Negueba, que recebeu um lançamento, dominou no peito e de cobertura não deu chances para o goleiro Gleibson.

O Gavião do Norte, sabendo da desvantagem de ter um a menos em campo, empatou com gol do atacante Vanilson, e assim terminaram os primeiros 45 minutos da final do Barezão.

Na volta para o campo, o São Raimundo trouxe gás e, mais uma vez, a estrela do Negueba brilhou: aos 2 minutos, o atacante revelação fez outro golaço, deixando três marcadores para trás e batendo no canto direito do goleiro adversário.

Com esse resultado, o Tufão chega ao segundo jogo com a vantagem do empate. Apesar da volta do Tiago Amazonense e do Pastor, que ficaram fora da primeira partida por cumprimento de suspensão, o São Raimundo agora perde o goleiro, Matheus, que atuou em todos os jogos do Barezão e, na última e principal partida, assistirá de fora, por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Iranduba e Oratório (AP) – Em partida válida pela estreia do Brasileirão Feminino A2, no domingo (16/05), o Iranduba goleou o Oratório do Amapá por 7 a 1, dentro do Estádio Carlos Zamith. Os gols foram marcados por Duda (três vezes), Deise Victoria, Elisa e Maria. Na segunda rodada, o Hulk enfrenta o São Raimundo de Roraima, no estádio Canarinho, em Boa Vista.

O Hulk da Amazônia definiu o jogo ainda no primeiro tempo. Apesar de a Orca Demolidora descontar com um gol, da atacante Luana, o Iranduba deixou cinco gols na trave adversária e assumiu a vice-liderança do grupo A.

Os gols foram feitos aos 2 minutos, quando a centroavante Duda abriu o placar, após cobrança de falta da zagueira Victoria Cabral; aos 8, com Deise; aos 27, com Victoria Cabral, após Deise sofrer pênalti; aos 35, com Elisa, que chutou de longe, tirou a goleira e marcou um golaço; e aos 45, com Duda, que fechou a primeira etapa de gols.

Na volta do intervalo, os gols foram marcados por Duda, aos 13 minutos, deixando o terceiro e último gol dela na partida, em seguida foi substituída, dando espaço para Maria, que aos 18, finalizou a contagem do placar, marcando outro golaço para o Hulk. A atacante chutou de longe, cobrindo mais uma vez a goleira adversária, Neudiane.

FOTO: Mauro Neto/Faar

-publicidade-