As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

SAÚDE Metade das crianças ainda não foram vacinadas contra a pólio

A campanha de vacinação contra poliomielite deste ano termina no dia 31 de agosto. Mas, até agora, quase metade do público-alvo estipulado pelo ministério da Saúde ainda não foi imunizado. Desde o início da Campanha Nacional contra a Pólio, iniciada no último dia 15, mais de seis milhões de crianças com idades entre seis meses e cinco anos incompletos, tomaram a vacina. O governo tem a meta de imunizar 12 milhões. Vale destacar que todas as crianças nesta faixa etária devem tomar a gotinha, mesmo que já tenham completado o esquema vacinal contra a pólio. Neste caso, a dose serve como reforço, na proteção. Segundo o ministério da Saúde, a campanha não vai ser prorrogada. Portanto, é importante que pais e responsáveis levem as crianças nos postos de vacinação até a próxima segunda-feira, data final da ação. A vacina tem quase 100 por cento de eficiência e pode ser aplicada mesmo em crianças com tosse, coriza, tinite ou diarreia. Em relação às crianças com infecções agudas, febre acima de 38 graus ou hipersensibilidade a algum componente da vacina, o ministério da Saúde aconselha uma avaliação médica. A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nas pernas. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, especialmente, por via oral. O último caso da doença no Brasil foi em 1989, segundo o governo.

Reportagem, Vânia Almeida

você pode gostar também