Amazonas Notícias

Secretaria de Educação realiza o I Encontro dos Manipuladores de Alimentos

O encontro foi transmitido pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam)

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto realizou, nesta sexta-feira (11/02), o I Encontro dos Manipuladores de Alimentos que atuam na alimentação escolar. A primeira formação de 2022 foi transmitida pelo Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), com o objetivo de formar e preparar os profissionais para que, de forma efetiva e eficiente, possam exercer suas atribuições durante o ano letivo, que inicia nesta segunda-feira (14/02).

Ao realizar a acolhida dos profissionais, a secretária de Estado de Educação e Desporto, Kuka Chaves, afirmou que a formação assegura a qualidade da merenda escolar da rede estadual.

“Em nome da Secretaria de Educação, na pessoa do governador Wilson Lima, trago um abraço carinhoso a todos os nossos manipuladores de alimentos. Esse é um momento ímpar, é um momento em que nós temos para levar a vocês todas as novidades em relação à nova legislação, todas as novidades em relação à formação”, disse a secretária.

Entre os temas debatidos estão as legislações vigentes no que se refere ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), legislações sanitárias e segurança no ambiente de trabalho. A atividade contou com a participação de representantes do Conselho de Alimentação Escolar (CAE).

O encontro foi transmitido para todas as escolas das Coordenadorias Distritais e Regionais de Educação (CDEs e CREs, respectivamente). Atualmente, a Secretaria de Educação conta com 2,7 mil manipuladores de alimentos.

Dheissy Lima, uma das nutricionistas responsáveis pela alimentação escolar, explica que o encontro segue uma programação anual, que busca a atualização dos profissionais.

“Com essa capacitação, a gente consegue que durante o nosso ano letivo haja a conscientização sobre as ações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), sobre a oferta da alimentação segura e saudável para os nossos alunos, para que no decorrer do ano esses alunos sejam bem alimentados, com alimentos saudáveis, com a melhor escolha, com o melhor cardápio e pra que isso faça com que eles tenham um ano letivo mais produtivo”, pontua.

Na Escola Estadual Tiradentes, localizada na zona sul de Manaus, a manipuladora de alimentos Fernanda Marinho explica que a formação é um trabalho de extrema importância para o processo de aprendizagem dos alunos.

“Eu acho muito importante esse curso de formação, porque um aluno bem alimentado consegue se desenvolver melhor na escola, consegue aprender com mais facilidade”, enfatiza Fernanda.

Manipuladora de alimentos há 10 anos, Maria Liduína afirma que as formações sempre trazem inovação aos profissionais. “Para mim, como merendeira, está sendo de grande valia, temos que estar cada vez mais capacitadas para que a gente possa dar um alimento de qualidade para os nossos alunos, uma alimentação perfeita; porque um aluno bem alimentado vai ter mais rendimento, tanto na escola quanto na sua vida particular, na sua casa”, finaliza.

FOTO: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

Relacioandos