Take a fresh look at your lifestyle.

Secretaria de Justiça recebe mais de 4 mil cestas básicas que serão repassadas aos órgãos de defesa das mulheres do Amazonas

A entrega aconteceu na manhã desta quinta-feira (17/12), na sede da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

-publicidade-

Visando o desenvolvimento de ações para a prevenção da violência contra as mulheres no Estado do Amazonas, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) recebeu um lote de 4.116 cestas básicas do Governo Federal. A entrega ocorreu na manhã desta quinta-feira (17/12), na sede da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), localizada no Distrito Industrial I, zona leste de Manaus.

O repasse foi realizado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres. No Amazonas, a distribuição das cestas básicas ficará a cargo da Sejusc, tendo como destino os seguintes órgãos: Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Cream), Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Polícia Civil, Polícia Militar e Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM).

De acordo com o diretor técnico da Sejusc, Juscem Rodrigues, que representou o titular da secretaria na solenidade, William Abreu, as cestas ajudarão a ampliar os trabalhos desenvolvidos por órgãos estaduais e autarquias que atuam na proteção de mulheres no Estado.

“Como servidores da Sejusc, na pessoa do secretário titular William Abreu, gostaria de agradecer ao governador Wilson Lima pela oportunidade de nos solidarizarmos junto a ministra Damares, que comanda o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e os amigos da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, pois é necessário olharmos para o outro com empatia, para entendermos que solidariedade também se aprende. Por isso, queremos fortalecer essa rede do bem, levar um pouco de tranquilidade a essas pessoas que precisam”, destacou.

A secretária executiva de Políticas para Mulheres, Ana Barroncas, destaca que a doação faz parte do plano de contingência para amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “A mulher, geralmente, é a mais atingida nesse período. Por isso, faremos a distribuição dessas cestas para parceiros que fazem parte da rede de atendimento e enfrentamento da violência contra a mulher”, disse.

De acordo com a superintendente regional da Conab, Luiza Moura, o lote será destinado às mulheres em situação de vulnerabilidade social. “A Conab teve o papel de receber esses produtos e repassar para a Sejusc, que, por meio da Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres, fará a distribuição dos produtos às entidades competentes”.

FOTO: Raine Luiz/Sejusc

-publicidade-