Nesta quarta-feira (03/10), a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) empossou 120 novos conselheiros comunitários de segurança para fortalecer o trabalho de interação da população com as polícias e de combate à criminalidade.

“Os Conselhos são o elo de ligação entre a comunidade e as forças de segurança, contribuindo para o diagnóstico de problemas não só na área da segurança”, afirmou o secretário de Segurança, coronel Anézio Paiva.

Ao todo, são 30 Conselhos Comunitários de Segurança espalhados por todas as zonas da capital amazonense, de acordo com a ouvidora-geral do sistema de segurança pública do Estado, Elane Belota.

“A partir da próxima semana, esses conselheiros já estarão participando de reuniões comunitárias de segurança com comandantes de CPAs (Comandos de Policiamento de Área), comandantes de Cicoms (Companhias Interativas Comunitárias), delegados titulares de DIPs (Distrito Integrado de Polícia). A segurança pública é dever do Estado, mas é direito e responsabilidade de todos”, afirmou a ouvidora-geral.

Função social – Formados por moradores que se reúnem com autoridades públicas com o objetivo de discutir, analisar, planejar, acompanhar e avaliar a solução de seus problemas de proteção social, os conselhos comunitários foram criados para contribuir com a segurança nos bairros. Entre as ações estão o desenvolvimento de campanhas educativas e projetos sociais.

Os conselhos são formados por membros natos, efetivos e participantes. Os membros natos são os representantes das polícias Civil e Militar de cada zona da cidade, coordenados pelos comandantes dos Comandos de Policiamento de Área (CPAs) e das Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms). Os membros efetivos são eleitos pela própria comunidade para representá-la.

GuardiAM – Segundo o coordenador do Programa GuardiAM 24horas, secretário extraordinário coronel PM Walter Cruz, hoje se cumpriu mais uma etapa do cronograma do GuardiAM.

“Estamos reativando os Conselhos Comunitários, que haviam sido extintos e que faziam a parte de informar as polícias sobre os problemas. É um passo importante que estamos dando hoje, preparando as polícias e a comunidade”, disse.

Aproximação – O delegado-geral da Polícia Civil, Frederico Martins, afirmou que a posse dos conselheiros vai aproximar as polícias da comunidade. “O sistema de segurança já tem diversos programas sociais e queremos nos aproximar ainda mais das comunidades. Com os Conselhos, haverá uma integração das polícias com a população”, afirmou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Cláudio Silva, destacou a importância de trazer representantes da comunidade para as estruturas das forças de segurança. “É muito interessante a questão da aproximação, não só o fato de a Polícia Militar ir para onde a população está, mas de trazer os seus representantes para falar das dificuldades”, disse.

A posse dos 120 conselheiros ocorreu na tarde desta terça-feira no Centro de Convenções Vasco Vasques, na avenida Constantino Nery, no bairro Flores, zona centro-sul da capital amazonense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here