Take a fresh look at your lifestyle.

Secretário da SES-AM participa de Seminário sobre planejamento estratégico em Saúde

-publicidade-

Além do evento, Marcellus Campêlo também se reuniu em assembleia com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde

O secretário de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, participou, nesta quarta-feira (25/11), do seminário on-line “Planejamento Estratégico das 27 SES: Resultados e Perspectivas”, promovido pelo Ministério da Saúde (MS), o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

O Amazonas e as outras 26 unidades federativas integraram, ao longo de três anos, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) na área de planejamento estratégico. Os resultados dos Planos Estaduais de Saúde (PES) foram apresentados no seminário.

Em vídeo enviado para o Conass, o titular da SES-AM destacou a participação e integração por meio de oficinas para a construção do PES. Para o secretário, a cultura do planejamento em Saúde precisa ser fortalecida com o objetivo de atender bem o cidadão na ponta do serviço de saúde.

“Construímos com a sociedade, Universidade do Estado do Amazonas (UEA), órgãos de controle e trabalhadores da saúde. O planejamento estratégico foi apoiado pelo Conass e foi essencial para o enfrentamento da pandemia e para a melhoria da saúde nos próximos anos”, disse.

De acordo com a diretora executiva de Responsabilidade Social HAOC, Ana Paula Pinho, essa foi a primeira vez que todos os estados e o Distrito Federal entregaram de forma concomitante o Plano Estadual de Saúde. “Ver os resultados do projeto e a perspectiva de continuidade de forma sistematizada é muito positiva para nós”, disse.

Representando o Ministério da Saúde, o diretor do Departamento de Gestão Interfederativa e Participativa, Reginaldo Ramos Machado, apontou a finalização do projeto de fortalecimento da gestão estadual do Proadi-SUS, mas outro deve ser criado para auxiliar não só os estados, mas também os municípios.

“É claro que temos muito mais a fazer considerando a expertise dos que conduzem esses projetos. Com essa expertise, todos nós ultrapassamos as metas. Poderemos sim, dar continuidade e estendermos essa experiência para os municípios”, disse ele, no seminário.

O presidente do Conass, Carlos Lula, agradeceu a participação e empenho de todos os estados e destacou o real objetivo de todo o planejamento em Saúde. “A gente agradece muito o MS porque a parceria vai continuar. Vamos mudar um pouco o escopo, vai ser ampliado e o melhor vai permitir o principal: cuidar das pessoas. Viva o Brasil e Viva o SUS, que possamos ter muitos projetos com importantes resultados como esse”, celebrou.

Assembleia – Além do seminário, o titular da SES-AM também participou da 11ª Assembleia do Conass em 2020, por meio de teleconferência, onde foram abordados pelos integrantes do conselho pautas como a habilitação de leitos de UTI e a busca por incentivos e recursos do MS necessários para dar andamento a ações em saúde nas 27 unidades federativas.

As pautas levantadas pelos secretários estaduais, incluindo as do Amazonas, serão levadas pelo Conass para uma reunião com o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, nesta quinta-feira (26/11).

Foto: Divulgação/ SES-AM

-publicidade-