Take a fresh look at your lifestyle.

Sedecti lança Anuário Estatístico com mais de 1 mil dados socioeconômicos

-publicidade-

Reunindo indicadores estatísticos valiosos para auxiliar gestores na elaboração de políticas públicas, subsídio importante para pesquisadores, técnicos, acadêmicos e formadores de opinião, o Anuário Estatístico 2018, elaborado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) está sendo disponibilizado a todos os interessados. A publicação oferece mais de 1 mil dados socioeconômicos dos municípios e microrregiões do Amazonas. O estudo pode ser acessado na página www.sedecti.am.gov.br, no item “Mapas e Indicadores”.

Publicado desde 1965, o Anuário Estatístico apresenta dados consolidados em sete seções e 40 capítulos, o que resultou de um trabalho apurado de atualizações de diversas fontes de dados dos aspectos políticos, geográficos, demográficos, sociais e econômicos do estado do Amazonas.

“É um trabalho importantíssimo porque é estratégico, tanto para o planejamento quanto para a consulta de pesquisadores, técnicos e todos os que necessitam de informações precisas de fonte segura”, destacou o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação, Jório Veiga.

A Seção 1 do Anuário traz informações atualizadas abrangendo a caracterização do estado, com sua divisão política, localização geográfica, meio ambiente e recursos minerais e seus 62 municípios, 100 distritos e 13 áreas de unidades de conservação da natureza de âmbito estadual e federal.

Os sete capítulos da Seção 2 se referem à população do estado, demonstrando que, no ano de 2018, a população estimada do Amazonas foi de 4.080.611 pessoas, com uma taxa de crescimento de 2,0%. Detalha que a área territorial corresponde a 1.559.146,88 km² e uma densidade demográfica, portanto, de 2,62 habitantes por quilômetros quadrados. A pesquisa aponta que a população de 14 anos ou mais, considerada a força de trabalho economicamente ativa, foi de 1.838.000, representa 45,02% da população do estado.

As informações acerca da Saúde no Amazonas estão detalhadas na Seção 3, incluindo dados das doenças incidentes no estado, infraestrutura e números de profissionais da saúde. O estudo mostra que, entre os anos de 2017 e 2018, doenças como coqueluche, hanseníase e meningite tiveram um quadro considerável de redução, chegando a mais de 50% na maioria dos casos.

A pesquisa revela ainda que em 2018, o Amazonas teve 77.565 nascidos vivos e 1.239 óbitos. Nesse mesmo ano, os casos de malária no estado tiveram uma queda de 11,26%, ressaltando que nos municípios de Boa Vista do Ramos e Urucurituba não houve nenhum registro dessa doença. O município com maior número de casos foi São Gabriel da Cachoeira, com 15.504, de acordo com o levantamento.

A situação da Educação do estado é tratada na Seção 4, com informações sobre o número de matrículas do Ensino Básico, envolvendo todas as unidades administrativas. Mostra ainda o número de escolas, que registrou no ano de 2018 um total de 4.289 unidades na rede municipal, e de 745 na rede estadual. O Amazonas, de acordo com o estudo, conta com 23 instituições de ensino superior, sendo duas federais (Instituto Federal do Amazonas e Universidade Federal do Amazonas) e uma estadual (Universidade do Estado do Amazonas).

As informações sobre Recursos Econômicos do estado estão descritos nos 12 capítulos da Seção 5, com dados sobre o desempenho do setor de agropecuária, extração vegetal, efetivos de rebanho, produção mineral e gás natural. O Anuário também apresenta dados sobre Emprego formal nos setores de Serviço, Indústria, Comércio, Construção Civil e Agropecuária.

Dados relativos a Finanças Públicas e Mercado Financeiro, com informações sobre a Receita Arrecadada do Estado, Receita Orçada, Produto Interno Bruto, entre outros indicadores econômicos estaduais, estão disponíveis na Seção 6, com números relativos a arrecadação e Produto Interno Bruto (PIB).

A Seção 7 aborda informações de Serviços, Comércio, Transporte, Comunicação, número de empresas extintas, comércio exterior, importações e exportações. Apresenta também estatísticas do setor de Segurança.

Foto: Divulgação

-publicidade-