O segundo procurado pela morte do sargento Luís Carlos da Silva Costa acaba de se apresentar na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) na manhã desta segunda-feira (24). Charles Sanches Morais, 27, se apresentou na presença de um advogado.

Ele , Joelson Ferreira Soares, 21, e Marcley Moraes de Souza, 20, foram colocados e liberdade na última semana durante audiência de custódia. Já no sábado (22), após repercussão nacional da decisão, a juíza plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) ordenou novamente que eles fossem presos.

O primeiro a se entregar foi Joelson, durante a madrugada de domingo. Com uma bíblia de baixo dos braços, o suspeito afirmou que estava arrependido e que havia se convertido ao evangelismo.

Já Marcley Moraes continua foragido. Ele aparece em um vídeo contando como foi sua participação no crime.