Sejel realiza 2º Ciclo de Capacitação para PCD no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou

A Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) realiza, nesta quarta-feira (27/09) e quinta-feira (28/09), o 2º Ciclo de Capacitação Para Pessoas com Deficiência (PCD). As atividades serão realizadas no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (avenida Brasil, s/nº, Santo Antônio, zona oeste) e contará com um número limitado de 30 vagas para cada dia de evento. No primeiro dia, pais e filhos de PCD serão atendidos pela capacitação, já no segundo, o assunto será ministrado a profissionais da área.

Com início às 14h, o primeiro dia de capacitação terá uma roda de conversa com a assistente social Márcia Xavier, no intuito de mostrar atividades que podem melhorar a vida das PCD. O ciclo segue até às 16h. As palestras do segundo dia acontecerão no mesmo horário e local, e serão ministradas por profissionais da Sejel, seguido de aula prática.

“Faremos uma roda de conversa onde todos poderão falar. Em seguida serão apresentados os serviços sócio-assistenciais dos Centros de Convivência, além da autonomia, responsabilização e protagonismo em rede sócio-assistencial”, disse.

Para se inscrever no curso, os pais e interessados devem se encaminhar até o núcleo da Sejel, no Centro de Convivência, e informar os dados pessoais ou fazer contato pelos telefones 3303-7207 e 99393-4151. Ao todo, o curso vai atender 60 pessoas, sendo 30 em cada dia de capacitação. De acordo com a gerente dos Centros de Convivência da Família e do Idoso da Sejel, Lilian Daniel, o curso tem o objetivo de fortalecer os vínculos com os usuários, bem como incentivar e fortalecer a excelência nos serviços prestados.

“Precisamos estreitar a relação entre pais e filhos, por meio da oferta de aulas e vivências para pessoas com deficiência, disseminando informações essenciais e melhorando as práticas das atividades físicas ministradas por nossos professores, que são realizadas de maneira segura e correta, para contribuir física e psicologicamente com a família que possui PCD em casa. Temos como maior objetivo o fortalecimento de vínculos e excelência em nossos serviços”, destacou.

FOTO: MAURO NETO