As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Sejusc e Seas firmam parceria para otimizar atendimento a idosos no Amazonas

Dois veículos serão utilizados pelo Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Cipid) e pela Delegacia Especializada de Crime Contra Idoso em atendimentos

Um convênio firmado entre as Secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Assistência Social (Seas) nesta segunda-feira (22/10), garantiu a cessão de dois veículos para uso em atendimentos pelo Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Cipid) e Delegacia Especializada em Crimes Contra Idosos (Decci). Os veículos foram enviados à Seas pelo Ministério da Defesa, do Governo Federal.

A assinatura do termo foi realizada na sede da Sejusc, com a presença das titulares das duas pastas, Caroline Braz e Márcia Sahdo, além da presidente do Conselho Estadual do Idoso (CEI-AM), Kennya Mota, da titular da Decci, Andréa Nascimento, e o delegado George Gomes. Durante a cerimônia de entrega, idosos do grupo Santuário da Vida também fizeram uma apresentação de dança.

“Estou muito feliz com a política do governador Wilson Lima de promover a interação entre as secretarias. Há aproximadamente dois meses conseguimos entregar um carro para o CEI, e agora esses dois carros. A pessoa idosa está tendo uma atenção especial. Queremos implementar essas políticas para a população de todo o Estado”, afirmou a secretária Caroline Braz.

A titular da Seas, Márcia Sahdo, também destacou a importância da aquisição de equipamentos para os atendimentos a idosos no estado.

“A nossa alegria é tremenda de poder proporcionar isso para os idosos. Nossa equipe trabalhou muito para [que isso acontecesse]. Vamos continuar firmes, porque a Assistência Social não trabalha em quatro paredes, mas sim em conjunto com diversas instituições. A gente sabe a nossa importância”, destacou a secretária.

Proteção e defesa – Um dos veículos será utilizado em atendimentos e atividades do Cipid, que é um espaço anexo à Decci, na rua do Comércio, s/nº, bairro Parque 10.

De janeiro a setembro deste ano, 1.737 idosos foram atendidos e tiveram encaminhamento para as medidas de proteção e garantia de direitos. O mês com mais atendimentos foi janeiro, com 227 casos, sendo a maioria de mulheres. Neste período, a ocorrência mais registrada foi de intimidação e perturbação. Em seguida, os maiores índices foram dos meses de agosto, com 225, e abril, com 197 atendimentos.

FOTO: Jander da Silva de Souza/Seas

você pode gostar também