Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Sejusc entrega 300 fraldas para idosos acamados dos municípios de Nhamundá e Manaquiri

Prefeituras dos municípios ficaram responsáveis pela distribuição

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) entregou, nesta terça-feira (02/02), 300 fraldas geriátricas direcionadas a idosos acamados dos municípios de Manaquiri (distante 60 quilômetros em linha reta de Manaus) e Nhamundá (distante 383 quilômetros em linha reta da capital). As doações foram recebidas por representantes das prefeituras das cidades, que ficaram responsáveis pela distribuição.

Como parte das ações do projeto “Idoso ativo”, realizado pela Sejusc por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi), as doações reforçam as atividades da secretaria na prestação de assistência social a grupos de idosos, em vulnerabilidade social, da capital e do interior do Estado.

De acordo com a secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, a secretaria mantém seu compromisso em prestar assistência social a populações em vulnerabilidade social, tanto da capital, quanto do interior do Amazonas.

“Estamos vivendo um momento muito delicado de pandemia, onde as pessoas estão em casa, isoladas, impossibilitadas de sair, de fazer compras por dificuldades financeiras. As doações que entregamos para os municípios de Manaquiri e Nhamundá são importantes, pois, os materiais atenderão os idosos acamados, que vivem nessas cidades e que não conseguem adquirir esse produto nesse momento”, afirma.

Segundo a secretária executiva adjunta dos Direitos da Pessoa Idosa, Franciane Alves, as fraldas vão suprir os idosos atendidos nos equipamentos de atuação nos municípios, como o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

“O público idoso é vulnerável e encontra-se em isolamento social. É importante esse reforço do Governo do Estado do Amazonas com os municípios, para que a gente possa atender diversas áreas. Conforme as doações forem chegando, já estamos articulando com as outras secretarias municipais para atender esse público”, destaca Franciane.

Municípios – Segundo a secretária de assistência social de Manaquiri, Eldilene Alves, a pandemia tem aumentado o número de pessoas vulneráveis acamadas em casa. “Nós, por meio do Cras e Creas, fazemos os atendimentos aos idosos, principalmente para o público que está com sequelas causadas pela Covid-19”, disse a secretária.

Para a representante da Prefeitura de Nhamundá, Edvania Carvalho, as doações surgem em boa hora para as famílias necessitadas da cidade. “Essas doações possuem um significado muito grande para nós. Temos muitas pessoas debilitadas em casa que estão precisando desses materiais. Só temos a agradecer ao Governo do Amazonas, por meio da Sejusc, pelas doações das fraldas”.

FOTO: Raine Luiz / Divulgação Sejusc

-publicidade-