As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Seleção Amazonense de Beach Soccer feminino disputa 1º Circuito da modalidade no Rio de Janeiro

A Seleção Amazonense de Beach Soccer vai disputar, entre os dias 23 e 26 de agosto, o 1º Circuito de Beach Soccer, que acontece na praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. A equipe, que viaja nesta quarta-feira (21/08), conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), que além de doar as passagens para a viagem, também cedeu o espaço de treinos, realizados no Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na zona norte da cidade.

A competição é promovida pela Federação de Beach Soccer do Rio de Janeiro e terá ainda nas disputas as seleções Carioca, e do Distrito Federal e dos estados do Paraná e Espirito Santo. O time amazonense foi criado há aproximadamente um mês pelo ídolo e segundo maior goleador da história da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Junior Negão, que também atua como técnico da equipe.

Mesmo diante de times mais experientes, a equipe amazonense promete representar bem o nome do estado. É o que garante o técnico. “Nós sabemos da força do futebol feminino aqui de Manaus. São 10 meninas que saem do futsal, fut7, e que estão se entrosando na areia. Elas me surpreenderam, demonstram muita garra, o que me assegura quanto a uma boa representação nessa competição”, explicou.

Junior Negão contou que a montagem do time aconteceu por meio de uma seletiva, que durou cinco dias e testou 50 jogadoras. Segundo ele, devido à quantidade de atletas que se apresentaram, foi possível realizar a peneira e escolher as mais bem condicionadas. Ele também ressaltou que o torneio será uma importante vitrine para as jogadoras, uma vez que vai ser transmitido para a Rússia.

Diante das boas perspectivas para a competição, o secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Caio André de Oliveira, parabenizou a equipe pelo trabalho e reforçou o apoio ao time. “Temos muitas meninas habilidosas e agora, com essa seleção, acredito que teremos ainda mais conquistas. A Sejel está prestando todo o apoio possível ao elenco, e aproveito para parabenizar todos os envolvidos nesse grande projeto”.

Expectativas – O presidente da Federação Amazonense de Futebol de Areia (Fafa), Junior Caixa, contou que a Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB) deve montar a seleção brasileira para disputar o mundial da modalidade, e esse circuito pode revelar atletas para compor o time.

“Essas meninas têm sonhos, e algumas já tinham perdido a esperança de viver de futebol, mas com essa disputa reacende a vontade, a inspiração para jogar. Capacidade e habilidade, elas têm de sobra. É um momento único, em que muitos olhares estarão voltados para elas, podendo, inclusive, acontecer de serem convocadas para a Seleção Brasileira”, salientou.

Silvania Magalhães, de 23 anos, é uma das goleiras do time que jogava futsal e está se adaptando a modalidade. Ela falou sobre a nova experiência. “Tem algumas regras que estou pegando ainda, porém o conjunto é muito bom, e acredito numa boa apresentação na competição. Eu sei o quanto essa competição é importante e o quanto pode mudar a nossa carreira. Sei que todas darão o seu melhor”, completou.

Outra que está com pensamento positivo é Estefany Ribeiro, 21, que sempre sonhou jogar profissionalmente e que vê essa competição como o pontapé que faltava. “Gosto de futebol desde os meus 7 anos de idade. Estava longe dos campos há alguns anos, mas quando soube dessa seletiva, corri para cá e para a minha surpresa, fui selecionada. Sinto que este será um ótimo momento na minha vida como jogadora”, falou.

FOTO: Mauro Neto/ Sejel

você pode gostar também