As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Seminário do Programa de Iniciação à Docência promove valorização do ensino por meio da prática acadêmica na UEA

Em sua quinta edição, evento contou com a participação dos núcleos atuantes no interior e na capital

Acadêmicos de vários cursos de licenciatura da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) se reuniram nesta terça (18/06) e quarta-feira (19/06) na Escola Normal Superior (ENS) para compartilhar experiências das práticas docentes no 5º Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (Pibid). O evento contou com a participação dos núcleos atuantes no Pibid do interior e capital, que possui 30 núcleos em todo estado e cerca de 720 alunos que atuam em escolas básicas da região.

A coordenadora do Pibid na UEA, Elisângela Silva, ressalta que a valorização da educação por intermédio da atuação docente no ensino básico do Amazonas, detém um valor humanista que supera limitações de estrutura, distância e demais adversidades encontradas no cotidiano das escolas da região.

“Possuímos projetos do Pibid em funcionamento em três escolas do município de Tefé, que possuem características diferentes entre si, o que não impede a continuidade do nosso trabalho. Em uma destas escolas desenvolvemos o projeto de rádio escolar, envolvendo a comunidade de forma muito positiva e promovendo de fato a troca de saberes com a Universidade”, explicou.

Com a temática “Compartilhando Saberes e Experiências Docentes no Amazonas”, o Seminário enfocou a síntese da atuação do projeto no estado em 2019 e contou com a participação dos coordenadores de área, bolsistas do programa e professores supervisores. O encontro contou ainda com a exibição dos trabalhos desenvolvidos, diálogos de experiência e apresentação.

Ingrid Rodrigues, aluna do 5º período de Licenciatura em Letras da UEA, destaca o protagonismo do Pibid na carreira dos participantes, acrescentando à formação maneiras de promover a transformação social nas escolas. “O programa fornece a oportunidade de vivenciar a profissão e seus desafios, colocando os bolsistas como agentes fundamentais na elaboração de metodologias de ensino compatíveis com a realidade de sala de aula, além de incentivar o professor titular a propor melhorias na sua didática”, destacou.

Sobre o programa – O Pibid é um programa do Ministério da Educação (MEC), gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com o objetivo de estimular a profissão de magistério e oportunizar o ingresso dos acadêmicos das licenciaturas na vida profissional, promovendo reforços na Educação de modo geral.

O programa valoriza o magistério e incentiva os alunos que optam pela carreira de professor. Os projetos desenvolvidos pelos alunos são os mais diversos e englobam o dia a dia dos acadêmicos em sala de aula.

FOTO: Joelma Sanmelo/UEA

você pode gostar também