Estão abertas as matrículas para os cursos do primeiro trimestre do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas). Para 2019, a instituição pretende ofertar mais de 29 mil vagas voltadas para Educação Profissional. Nesse primeiro trimestre, são oferecidas, ao todo, 2.549 vagas, sendo 1.549 em 52 cursos presenciais, realizados nos três turnos, e mil vagas voltadas para os 12 cursos de competências transversais, na modalidade EAD (educação a distância).

Os cursos oferecidos são: Informática Básica e Avançada, Normas Regulamentadoras 10 e 13, Mecânico de Refrigeração e Climatização Residencial e Comercial, Operador de Empilhadeira, Direção Defensiva, Confeiteiro de Bolos Decorados, Confeiteiro Industrial, Confeiteiro de Bolos de Flores com Açúcar, Padeiro, Operador de Máquinas de Marcenaria, Cadista para Construção Civil, entre outros.

As vagas são limitadas e os cursos ministrados em locais diferenciados de acordo com a área de atuação. Entre esses locais, a Escola SENAI Antônio Simões (ESAS), voltada basicamente para a área eletrônica, e a Escola SENAI Demóstenes Travessa (ESDT), na área da construção civil, ambas no Distrito Industrial, e a Escola SENAI Waldemiro Lustoza (ESWL), da área metalomecânica e automotiva, no bairro Cachoeirinha.

“A parte teórica dos cursos é administrada em sala de aula e a parte prática, no laboratório. O SENAI prepara o aluno para ser um futuro profissional e saber desenvolver seus conhecimentos, habilidades e atitudes específicas para a área de atuação no mercado”, diz a gerente de Educação Profissional do SENAI, Silvia Barros.

A ESAS está ofertando para o primeiro trimestre de 2019 os cursos técnicos em mecatrônica, eletrônica, eletroeletrônica, redes de computadores e administração. A previsão é de início das aulas para o dia 18 de fevereiro para todos os cursos, com exceção do técnico em administração, que tem início em 11 de março, os cursos têm vagas limitadas e o aluno tem que ter no mínimo 18 anos e ensino médio completo.

“Temos um grande número de técnicos atuando em empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) e outros que já passaram direto para os cursos de engenharia e tecnologia da informação. Grandes empresas, como Moto Honda, BIC, Yamaha e Samsung empregam técnicos do SENAI”, ressaltou Barros.

Os cursos técnicos variam a carga horária entre 1.000h e 1.200h, todos no período da tarde. Apenas os cursos técnico em eletrônica e administração oferecem também turmas à noite. Com início em março, o técnico em administração é um dos mais procurados. Dividido em nove módulos, o curso de 1.000h trabalha desde a comunicação empresarial, informática e matemática aplicada, até os conceitos e habilidades de empreendedorismo, com identificação de oportunidades de negócios.

“No curso técnico em administração, o aluno tem a prática profissional simulada, onde atua nos setores administrativos da Escola SENAI Antônio Simões e é avaliado na prática. O curso técnico é indicado para alunos graduados em administração, mas que querem vivenciar a prática no SENAI, e para pessoas que nunca viram ou atuaram na área, porém desejam colocação no mercado de trabalho”, explicou a pedagoga do SENAI, Isabelle Santos.

As matrículas nos cursos podem ser feitas de forma presencial nas escolas. Para mais informações 3182-9975 (ESAS), 3614-5900 (ESDT) e 3133-6400 (ESWL).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here