Sepror entrega Selo de Reconhecimento para feirantes doadores do Programa de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), entregou, nesta terça-feira (20/07), nas feiras Manaus Moderna e da Banana, 150 Selos de Reconhecimento aos feirantes que contribuem para o combate à fome, doando alimentos que perderam o valor comercial, mas que ainda possuem todo valor nutricional, para o Programa Estadual de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos.

Carlos Henrique Conceição, coordenador do Programa, ressalta a importância do reconhecimento das doações proporcionadas pelos feirantes.

“Os feirantes já realizaram a doação, desde 2019, de 180 mil quilos de frutas, legumes e verduras. São feirantes que se sensibilizaram e tomaram a mentalidade de combater o desperdício daquilo que não vão vender, fazendo chegar até às famílias em situação de vulnerabilidade social”, afirmou Carlos.

Os produtos coletados pelo Programa do Governo do Amazonas, em parceria com o Mesa Brasil e Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), são destinados para as entidades socioassistenciais de Manaus, beneficiando centenas de famílias carentes que estão em insegurança social e nutricional.

Para o vice-presidente do Sindicato dos Feirantes, Steveson Silva, apoiar programas como este ajuda os feirantes, que outrora, não tinham para onde destinar os alimentos que não poderiam mais comercializar.

“É um privilégio muito grande participar desse Programa. A Feira da Manaus Moderna tinha um grande número de desperdício de alimentos, mas, agora, eles podem ser destinados para as pessoas que precisam” afirmou Steveson.

A feirante Jane Figueiredo contou sobre o prazer que é poder contribuir. “Eu acho esse programa divino, pois é uma ajuda para tantas pessoas que estão precisando, ainda mais nesses tempos de dificuldade. É um trabalho muito importante que apoio desde o início”, disse.

Combate ao Desperdício – O Programa tem a finalidade de reduzir o desperdício de alimentos em feiras do Amazonas, inicialmente em Manaus, com a coleta de produtos que não foram comercializados. O alimento passa por triagem, pesagem, é embalado e depois distribuído para as entidades.

Desde a criação do Programa, em 2019, até junho de 2021, foram arrecadadas mais de 180 toneladas de alimentos, que foram doadas para 330 instituições socioassistenciais e para as cozinhas comunitárias, beneficiando aproximadamente 80 mil pessoas.

A previsão até final de 2021, é que sejam coletadas mais de 100 toneladas de alimentos, que estão em boas condições, que seriam destinados ao lixo.

FOTO: Djalma Júnior/Sepror