Take a fresh look at your lifestyle.

Sergio Moro converte prisão de Antonio Palocci em preventiva

-publicidade-

O juiz Sergio Moro decidiu acolher o pedido feito pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal e converteu a prisão temporária do ex-ministro Antonio Palocci e do ex-assessor dele Branislav Kontic em prisão preventiva, por tempo indeterminado. A prisão temporária de ambos encerrava nesta sexta-feira (30).

Palocci e Kontic foram presos na última segunda-feira (26) pela 35ª fase da Operação Lava Jato, denominada Operação Omertà. O ex-ministro é suspeito de ter recebido propina através de um esquema de corrupção envolvendo o Partido dos Trabalhadores (PT) e a empreiteira Odebrecht.

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, existem indícios de que Palocci teria recebido valores ilícitos, no total de 128 milhões de reais, para atuar em favor da empresa, entre os anos de 2006 e 2013, interferindo em decisões do governo federal.

-publicidade-