O serviço de transporte escolar oferecido pela Prefeitura de Parintins por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) retomou a normalidade nesta terça-feira, 10 de fevereiro beneficiando aproximadamente 10 mil estudantes da rede pública de ensino na zona rural. De acordo com a secretária da Semed, Eliane Melo, neste primeiro momento as embarcações irão atender as crianças da área de várzea que estão recebendo as aulas em prosseguimento ao ano letivo que é diferenciado.

Eliane Melo explica que enquanto tramita junto ao Governo do Estado o processo do convênio para a liberação de recursos financeiros com a finalidade de manter o contrato com os proprietários de embarcações, o prefeito Alexandre da Carbrás autorizou a contratação do serviço, sendo que a Prefeitura assumiu a responsabilidade de fornecer o combustível necessário para os transportadores.

A secretária Eliane ressalta que manteve um encontro com os primeiros 40 donos de embarcações e ficou acertado que o serviço será prestado até a chegada dos recursos do Governo do Estado e que o pagamento para os prestadores de serviço será feito retroativo aos dias de serviço realizados, sem prejuízos. “O prefeito Alexandre da Carbrás chamou para si a responsabilidade. O importante é que houve um entendimento com a Cooperativa dos Transportadores e dos donos de barcos para começar o trabalho até que se faça o convenio com o Estado”, disse a secretária.

Eliane Melo justifica a medida em firmar acordo com os transportadores para que não haja prejuízo as aulas por falta de transporte. “Tendo em vista a demora para acontecer o convênio entre a Seduc e a Prefeitura para a manutenção do transporte escolar, eu mesma estarei com o secretário Rossieli Soares para manter o transporte em plena regularidade”, afirmou. Mais de 200 embarcações deverão ser contratadas pela Secretaria Municipal de Educação no interior. “Além dos alunos da sede de cada comunidade que são atendidos com os transportes próprios da Semed, outros 10 mil estudantes serão beneficiados com o serviço”, disse a secretária Eliane Melo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here