As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Serviços caíram 15% em novembro

De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços – PMS do IBGE; o volume de serviços no Amazonas em novembro teve a segunda maior queda do país (-15%), na comparação com igual mês do ano anterior.
Em todos os onze meses de 2015 houve resultados negativos, sendo o mês de novembro o segundo pior resultado da serie iniciada em 2012.

O acumulado de 2015 alcançou -9,7% em novembro, que também foi o segundo pior desempenho no em todo país, atrás apenas do Amapá com -11,3%. Já o acumulado do volume de serviços nos últimos doze meses, o índice chegou a -9,3% no penúltimo mês de 2015.

Mesmo a variação de receita, que não sofre os efeitos deflatores de inflação do período, teve desempenho negativo de -13,8% no mês. Este indicador começou o ano de forma positiva (4,6% em janeiro), mas veio perdendo forças até culminar com o número de Novembro que também é o segundo pior para o mês em todo país. No mesmo sentido, os acumulados da variação da receita vêm apresentando perdas destacadas, chegando a -5,3% no ano de 2015 e -5% para os últimos doze meses.
A atividade de serviços está entre as mais sensíveis às crises econômicas uma vez que ela está ligada a indústria, ao comércio e às pessoas. Por isso, os impactos são logo percebidos na atividade. A industria corta determinados reparos; o comércio deixa de realizar aqueles serviços não prioritários e as pessoas eliminam gastos com a beleza corporal em salões, por exemplo.

Os resultados de Dezembro podem significar o pior ano para a atividade em toda a série da Pesquisa.

Magalhães