As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Serviços no Amazonas têm a pior queda dos últimos quatro anos

Em abril a atividade de serviços no Amazonas teve uma variação de -2,8% na comparação com igual mês do ano anterior, bem inferior de 1,8% registrada em março, e também abaixo da registrada em fevereiro (-0,3%). Este dado configura-se como o pior já registrado na serie que começou em janeiro de 2012.

A taxa acumulada no ano já é negativa em -0,3% e a dos últimos doze meses ainda permanece positiva em 3,2%. No entanto, ambas estão com tendência de queda, uma vez que os meses atuais estão mostrando desempenho inferior aos meses passados.

Na comparação com a média nacional (1,7%), o desempenho do Amazonas no mês foi bem inferior. Já no âmbito regional o índice do mês colocou o Estado com o quarto pior desempenho na Região Norte, atrás de Rondônia que teve a melhor taxa (7,9%), Pará (2,0%) e Acre (-2,5%).

No que se refere aos resultados das 27 unidades da federação 13 apresentaram variações nominais positivas, na comparação de abril de 2015 com igual mês do ano anterior, com destaque para Rondônia (7,9%); Ceará (4,5%); e Mato Grosso do Sul (3,9%). As menores variações positivas foram: 0,7% no Rio de Janeiro; 1,6% para Pernambuco; e 2,0% no Pará e Minas Gerais. Os estados com maiores taxas negativas foram: Roraima (-9,9%); Amapá (-9,8%); Maranhão (-6,8%); Espírito Santo (-4,8%); e Mato Grosso, (-4,3%).

No Amazonas, assim como em todo país, a queda no desempenho de outras atividades econômicas importantes como a industria e o comércio, leva a atividade de serviços à retração. Uma vez que são estes os grandes clientes das empresas que atuam nos serviços.