Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Servidores da SES-AM participam de publicação de livros com suas experiências, pesquisas e projetos científicos

O lançamento das publicações ocorre no final do mês de junho

Servidores da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) participaram da confecção de dois livros que contam suas experiências, pesquisas teóricas ou empíricas, e projetos na área da saúde coletiva e de práticas tradicionais do cuidado. O lançamento dos exemplares deve acontecer neste primeiro semestre do ano.

O projeto “Servidor Autor”, que faz parte do programa Saúde Amazonas, estabeleceu parceria com a Associação Brasileira Rede Unida (Rede Unida); o Laboratório de História, Políticas Públicas e Saúde na Amazônia (LAHPSA), do Instituto Leônidas e Maria Deane – ILMD/Fiocruz Amazônia; e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM); para a publicação dos livros.

De acordo com o gerente de Desenvolvimento de Pessoas e Educação na Saúde, do Departamento de Gestão de Recursos Humanos (DGRH) da SES-AM, Davi Cunha, o projeto possibilitou a transformação de atos de cuidados em momentos de criação e reflexão, deixando esse registro que tende a ser permanente.

“O projeto ‘Servidor Autor’ é a concretização de que nossos servidores e gestores são muitos mais do que trabalhadores da saúde, são também construtores de conhecimento e estão num processo de permanente aprendizado”, ressaltou Davi.

A organização do material conta com mais de cem autores que submeteram seus textos, divididos em dois livros com as temáticas “A educação permanente em saúde e humanização no estado do Amazonas” e “Atenção básica em saúde no Amazonas”. Os autores foram acompanhados por pareceristas indicados pela Rede Unida e pelo Laboratório da Fiocruz Amazônia, além de terem participado de uma oficina de produção textual.

As servidoras do Banco de Olhos do Amazonas (BOA), diretora Cristina Garrido e a psicóloga Maria Goreth da Silva, participaram do projeto com o texto “Educação e Humanização no Banco de Olhos do Amazonas: uma história de doar, esperar e criar políticas que beneficiam a população”, que fará parte do livro “Educação Permanente”.

“O processo de escrita deste manuscrito se deu de forma compartilhada; e com o auxílio de documentações que dizem respeito à trajetória dos processos educativos realizados pelo BOA, ao longo de seus 20 anos de exitosa existência”, descreveu a psicóloga.

Para Cristina Garrido, a produção do projeto ressalta a importância da educação permanente. “Foi um resgate memorialístico e ao mesmo tempo documental, que tornou nossa escrita empolgante e ampliou nossos conhecimentos acerca da fundamental importância da educação permanente em saúde”, concluiu a diretora do BOA.

No primeiro momento, o formato das publicações será o digital com acesso aberto no site da editora Rede Unida. As obras farão parte da série Saúde & Amazônia do Laboratório de História, Políticas Públicas e Saúde na Amazônia (LAHPSA), do Instituto Leônidas e Maria Deane – ILMD/Fiocruz Amazônia, com o objetivo de valorizar a escrita científica e a divulgação das experiências dos servidores.

No final do mês de junho ocorrerá o evento de lançamento, no auditório SES-AM, com a presença dos autores e representantes.

FOTO: Rodrigo Santos/SES-AM

-publicidade-