Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Servidores empreendedores se preparam para expor produtos e serviços em feira de negócios

Servidores da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), que atuam como empreendedores, participaram nesta quarta-feira, 26/5, da palestra “Empreendedorismo de Oportunidade ou Necessidade”, realizada com o objetivo de preparar e qualificar os participantes da primeira edição – deste ano – da “Feira do Servidor Empreendedor”, que será promovida pela própria secretaria e acontecerá na próxima segunda-feira, 31.

No encontro, os participantes trocaram experiências e receberam orientações sobre como identificar oportunidades e potencializar vendas. De acordo com o subsecretário de Gestão de Pessoas da Semad, Lucas Bandiera, a atividade integra uma série de ações da Prefeitura de Manaus, que visam a valorização do servidor do município. “É uma forma de incentivar os empreendedores da nossa secretaria, oferecendo qualificação e um ambiente favorável ao crescimento dos negócios”, ressalta.

A palestra foi ministrada pela diretora de Qualificação Profissional da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Rayana Pinho, idealizadora do “Bazar da Rayana” – bazar popular que já realizou mais de 200 edições em Manaus. “Vejo como importante esse incentivo ao empreendedorismo para com os servidores. Isso permite que eles tenham uma renda extra nas horas vagas, possam se estruturar e, quem sabe, até fazer carreira no ramo. Acredito que este encontro tenha despertado muitos sonhos”, destaca.

Na última segunda-feira, 24, a equipe do Departamento de Planejamento da Semad (DPLA), responsável pela organização da feira, reuniu os servidores participantes, para alinhar informações acerca das regras, horários e ações de prevenção à Covid-19.

Oportunidade

Os servidores empreendedores se mostram empenhados com a oportunidade de expor seus produtos e serviços, além de motivados, como a servidora e artesã Suani Sampaio, que vai apresentar na feira o “Ateliê Susu”, com produtos em patchwork, acessórios femininos feitos em tecido, além de bijuterias em geral e bolsas. “Com a atual crise sanitária, as pessoas tiveram que usar a criatividade e sair da zona de conforto, para superar as dificuldades. Aqui na Semad, por exemplo, temos ótimas doceiras, cozinheiras, pessoas que fazem coisas maravilhosas e às vezes nem conhecemos”, relata a servidora.

Marcada para a próxima segunda-feira, 31, a feira será realizada todo fim do mês, no auditório da Casa Militar, na Vila da Prata, zona Oeste, reunindo um número limitado de expositores, cadastrados previamente para a participação. Nesta edição, um total de 18 servidores ocuparão os estandes montados, que irão dispor de uma diversidade de materiais como pinturas em tela e roupas, além de gastronomia, com refeições e doces.

Para o evento, que é restrito aos servidores do órgão, a Semad preparou um plano com protocolos contra a Covid-19, sendo obrigatório o uso da máscara, álcool em gel a 70% e o distanciamento social a todos que transitarem no local. Os servidores da secretaria terão acesso limitado a, no máximo, 15 pessoas por vez, em horários alternados, havendo também a presença de um fiscal, para garantir a execução das normas sanitárias.

Texto – Sidney William / Semad

Foto – Sidney William / Semad

-publicidade-