SES-AM assina termo de adesão ‘Força Pré-Natal do SUS’

Objetivo é fortalecer a assistência às gestantes nas unidades de saúde

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) assinou, nesta terça-feira (06/07), o termo de adesão “Força Pré-Natal do SUS” para fortalecimento da assistência ofertada a gestantes nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado, com foco na atenção básica.

O projeto-piloto foi lançado pelo Ministério da Saúde (MS), durante abertura da 1ª Oficina Regional de Qualificação da Atenção ao Pré-Natal, que acontece até sexta-feira (09/07).

A solenidade de assinatura do termo aconteceu no auditório da Faculdade Fametro, zona centro-sul, mesmo local onde estão sendo ministrados os cursos de capacitação de 120 profissionais de Manaus e dos municípios no entorno da capital.

A secretária executiva adjunta de Políticas em Saúde (Seaps), da SES-AM, Nayara Maksoud, disse que a “Força Pré-Natal do SUS” vai permitir a propagação desta capacitação aos mais de 700 profissionais que atuam nesse atendimento em todo o Amazonas.

“Esse termo vai possibilitar que nós levemos essa estratégia para outros municípios. E assim, o Amazonas, como um todo, com a Força Pré-Natal do SUS, com engajamento do Governo do Estado, junto ao Ministério da Saúde e os secretários municipais, possam estar fortalecendo o pré-natal”, informou a secretária que representou a SES-AM na assinatura do termo.

A representante do MS, Lana de Lurdes Lima, diretora-substituta do Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas (Daps) da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, explicou que o estado passou a ser prioridade do órgão.

“A gente traz esse projeto piloto, que é um marco na Rede Cegonha, e o primeiro projeto de qualificação de pré-natal para qualificar as equipes da atenção primária nesse tipo de assistência. A gente traz neste primeiro momento um contato presencial, uma oficina de qualificação e depois a gente complementa essa estratégia de aprendizado com uma qualificação por meio de um portal, em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas)”, comentou Lana.

Oficina – A secretária Nayara Maksoud disse que a Oficina da Força Pré-Natal do SUS tem como principal objetivo fortalecer esse atendimento em todo o estado, contando com o apoio federal e dos municípios.

“Essa qualificação visa fortalecer o pré-natal, ampliar acesso, discutir as melhores estratégias para melhor cobertura, uma melhor prática de atuação do profissional. Então, estão envolvidos, aqui, médicos, enfermeiros, odontólogos do estado do Amazonas”, disse.

A capacitação será realizada em três atos: com a qualificação do pré-natal na atenção primária de baixo risco; para coordenar e qualificar o rastreamento de câncer do colo de útero; e ainda a atenção de enfrentamento à sífilis para redução dos casos congênitos em bebês expostos a doença durante o pré-natal.

Além da qualificação presencial ao longo desta semana, a “Força Pré-Natal do SUS” seguirá com as capacitações por meio de uma plataforma virtual – Campus Virtual Saúde Pública, oferecida em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

FOTO: Lucas Silva/Secom