Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

SES-AM e FVS-AM avaliam cenário da Covid-19 em Manacapuru para intensificar o monitoramento e vacinação

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde realizaram, nesta quarta-feira (02/06), avaliação do cenário epidemiológico de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), dando seguimento ao trabalho de intensificação das medidas de monitoramento, rastreio e vacinação contra a Covid-19. O município recebe atenção por ter apresentado aumento de internações pela doença, com a visita técnica buscando identificar possíveis causas e encontrar soluções.

A medida de verificação do quadro epidemiológico nos municípios consta no Plano de Contingência de enfrentamento à Covid-19, do Governo do Estado, que está sendo realizada rotineiramente levando suporte para melhoria da vigilância, atenção básica e assistência hospitalar.

“A gente visita mais um município trazendo orientações de fortalecimento para a atenção básica, orientando para que não feche as Unidades Básicas de Saúde, para que aumentem a oferta do exame RT-PCR, para todos os sintomáticos respiratórios que procurarem a unidade, independentemente da causa de busca desse serviço, se tenha sido por síndrome gripal ou não”, destacou a chefe do Departamento de Atenção Básica do Estado (Dabe), da SES-AM, Viviana Almeida. Ela ainda lembra que essa medida pode ajudar no rastreio dos contatantes dos pacientes que testarem positivo para isolamento precoce e quebra da cadeia de transmissão do vírus.

Essa orientação será reforçada no município para ampliar a testagem pelo teste RT-PCR, de padrão ouro para diagnóstico da Covid-19, segundo a coordenadora da Atenção Básica de Manacapuru, Tadiane Freitas. Essa estratégia tem como objetivo identificar quais as variantes estão em circulação. O município vai descentralizar a disposição deste teste à população nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), pois atualmente a coleta é realizada em apenas um posto.

“Essa visita técnica é de suma importância para nós no município de Manacapuru, porque vem contribuir na organização do nosso processo de trabalho que já está em andamento no município, porém a SES nos traz novas estratégias que com certeza irão contribuir muito mais no nosso município. Nós temos um plano de ação, plano de contingência em exercício, e nós iremos apenas implementar com tudo que estão deixando hoje, com tudo que a SES está nos deixando hoje, a FVS, que é de suma importância para que realmente nós venhamos aí aprimorar o nosso processo de trabalho”, disse a coordenadora.

Sobre a vacinação contra a Covid-19, existem três postos de imunização no município e, desde maio, as equipes estão intensificando a vacinação dos ribeirinhos com mais de 18 anos de todos os grupos prioritários, com e sem comorbidades.

Na reunião da equipe da SES-AM e FVS-AM com a gestão municipal de saúde, foi verificada a necessidade de auxiliar na melhoria da inserção dos dados da vacinação no sistema e de conscientização da população, para manter os cuidados não farmacológicos de uso de máscaras, principalmente.

“A gente deu uma volta pela cidade, verificou que infelizmente nem todo mundo está seguindo as medidas não farmacológicas, muita gente sem máscara, muito movimento, muita gente na rua. Então, isso é um fator complicador para o controle da pandemia”, disse Viviana Almeida, chefe do Dabe.

Internações – O Hospital de Campanha de Manacapuru registrou 30 internações nos últimos 14 dias. Nesta quarta-feira, 27 pacientes estavam internados. A SES-AM tem transferido pacientes para Manaus.

FOTO: Rodrigo Santos/SES-AM

-publicidade-