25.3 C
Manaus
terça-feira, fevereiro 27, 2024

SES-AM orienta sobre uso adequado de serviços de saúde do SUS

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) lançou uma iniciativa vital para esclarecer a população sobre quando procurar os diferentes níveis de atendimento médico disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). Com a diversidade de sintomas e condições médicas que as pessoas enfrentam diariamente, entender onde buscar ajuda pode ser decisivo para a eficácia e rapidez do tratamento.

Para sintomas comuns e não urgentes, como gripe, dor de cabeça ou mal-estar, a SES-AM recomenda a Unidade Básica de Saúde (UBS). As UBSs são focadas em atenção primária, oferecendo consultas, vacinação e acompanhamento de doenças crônicas. Serviços como curativos, renovação de receitas e retirada de pontos também são realizados nessas unidades.

Em situações que requerem atenção médica imediata, mas que não são extremamente graves, o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) é o local indicado. Febre alta persistente, cortes moderados, crises convulsivas, e dores intensas são exemplos de condições tratadas nos SPAs.

Por outro lado, casos graves e que representam risco imediato à vida, como ataques cardíacos, fraturas expostas, e queimaduras severas, devem ser encaminhados diretamente aos Hospitais e Prontos-Socorros. A SES-AM destaca a importância de entender a classificação de risco para garantir que os atendimentos prioritários sejam direcionados a quem realmente precisa de intervenção urgente.

O secretário executivo de assistência à saúde, Leandro Pimentel, reforçou que pacientes classificados com cores azul e verde na classificação de risco, indicativos de casos menos graves, podem enfrentar tempos de espera maiores nos serviços de urgência e emergência. Esses casos são mais bem atendidos nas UBSs, onde o atendimento é mais adequado ao seu nível de complexidade.

spot_img