Take a fresh look at your lifestyle.

SES-AM recebe EPIs doados por Agência Adventista

-publicidade-

Materiais serão encaminhados para UPAs e SPAs de Manaus

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) recebeu, na tarde desta quinta-feira (21/01), uma doação de 22,1 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), doados pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (Adra). Os materiais serão encaminhados para Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) de Manaus.

No total, foram recebidas 20 mil luvas de procedimento, 550 macacões impermeáveis, 550 protetores faciais (face shield) e mil máscaras N95. As unidades beneficiadas são: SPAs Zona Sul, Alvorada, José Lins, Joventina Dias, Coroado, São Raimundo, Eliameme Mady; As UPAs José Rodrigues e Campos Sales, e o SPA e Policlínica Danilo Corrêa.

O diretor da Adra no Amazonas, Daniel Duarte, diz que o intuito é ajudar os profissionais que estão atuando diretamente no tratamento da Covid-19. “Nós somos movidos por justiça, compaixão e amor. Nossa expectativa com esses EPIs é de que nossos profissionais, lá na linha de frente, ofereçam a proteção que eles merecem e precisam ter nesse momento”, pontua.

Além de fazer as doações, Sérgio Alan, presidente da Igreja Adventista da Região Noroeste, ressalta que as unidades estão fechadas e incentivando o público a ficar em casa.

“Primeiro ponto que nós estamos contribuindo é evitando as aglomerações. Nós já cancelamos os cultos desde o dia 4 de janeiro, porque entendemos que isso é extremamente importante para evitar a disseminação do vírus. Além disso, estamos ajudando as pessoas em casa, com doação de oxigênio, e continuamos ajudando os venezuelanos”, ressalta o presidente.

Direcionamentos – A secretária executiva do Fundo Estadual de Saúde, Nívea Barroso, explica que todas as doações de materiais feitas por empresas ou voluntários deve ser direcionada à Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), que direciona os insumos para as unidades. O procedimento é importante para prestação de contas e também para evitar aglomeração nas unidades hospitalares.

“O ideal é doar os materiais para a Central de Medicamentos, para que possamos ter o controle desses materiais e fazer a prestação de conta correta, de tudo o que está sendo doado para o estado. Temos pessoas responsáveis pelo controle de recebimento e direcionamento de oxigênio, equipamentos e medicamentos. Tudo deve ser feito sob um termo de doação de quem doou e quem recebeu”, conclui a secretária.

FOTO: Rodrigo Santos/SES-AM

-publicidade-