Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

SES-AM reforça a importância da proteção ao aleitamento materno em audiência pública

Na semana de incentivo ao aleitamento materno, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) participou de audiência pública na Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Manaus, no Dia Mundial de Proteção ao Aleitamento Materno, celebrado nesta sexta-feira (21/05).

A data tem o objetivo de divulgar informações sobre a importância dos benefícios da amamentação e renovar, a cada ano, o compromisso de aplicação do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno, um conjunto de recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A secretária executiva adjunta de urgência e emergência da SES-AM, Mônica Melo, reforçou o reconhecimento do cumprimento das portarias do Ministério da Saúde, do Código Internacional e do “Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno”, que concede às maternidades o selo de Hospital Amigo da Criança (IHAC) e da Mulher.

“O incentivo ao aleitamento materno também é uma demanda do governador e do secretário de saúde, pois há evidências científicas que o aleitamento materno salva vidas. O fortalecimento do aleitamento, a divulgação das ações, que acontecem no ambiente estadual e municipal, para os órgãos de controle, e para o controle social e, também, o compartilhamento de saberes, foram os pontos abordados na audiência”, ressaltou a secretária.

A coordenadora estadual de Saúde da Criança da SES-AM, Rhamilly Amud, enfatizou que a Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactantes e Crianças de 1ª Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras (NBCAL), é uma das estratégias implementada na rede estadual de saúde que reduz a mortalidade infantil.

“O Amazonas trabalha com diversas estratégias para proteger e promover o aleitamento materno. NBCAL, Bancos de Leite Humano, postos de coleta, Método Canguru, Qualineo, IHAC, Amamenta e Alimenta Brasil e a Mulher Trabalhadora que Amamenta, estão implantadas dentro das maternidades”, disse a coordenadora.

Participaram também da audiência vereadores, representantes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa Manaus), da Sociedade Brasileira de Pediatria, da Defensoria Pública do Estado e do Controle Social.

Balanço – Os três Bancos de Leite Humano (BLH) da SES-AM coletaram mais de 822 litros, de janeiro a abril deste ano. O quantitativo de leite humano doado beneficiou 1.924 bebês prematuros, internados em maternidades da rede pública e privada do Estado, no período.

O estado possui 23 postos de coleta de leite humano, vinculados aos BLH da Maternidade Ana Braga, da Maternidade Galiléia e Fesinha Anzoategui (Maternidade Balbina Mestrinho).

FOTO: Divulgação/SES-AM

-publicidade-