As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

SESI tem matrículas abertas para curso de teatro

Despertar o senso artístico do indivíduo e dar oportunidade para o seu crescimento dentro das artes cênicas, além de combater a timidez e ajudar nos relacionamentos interpessoais individuais e coletivos, é o que pretende o Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) com o retorno do Curso SESI de Teatro para Iniciantes, no Clube do Trabalhador, gratuito para o trabalhador da indústria e seus dependentes, a partir de 16 anos, com início no dia 8 de abril.

As aulas acontecerão em dois turnos, pela manhã, às segundas e quartas, das 8h30 às 10h30 e, à tarde, às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h, com duração de três meses. De acordo com o produtor artístico e cultural do SESI, Kid Mahall, dependendo da demanda, há possibilidade de o curso ter seu segundo módulo, assim como aulas “in company”, para atender aos industriários com pouco tempo disponível nas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). “É nossa intenção iniciar o módulo “in company” a partir do segundo semestre deste ano”, frisa Mahall.

O curso será ministrado por profissionais experientes, como é o caso do próprio Kid Mahall, com uma carreira de mais de 30 anos na área teatral em Manaus. Mahall é humorista, ator, jornalista, produtor de TV, empresário artístico e radialista, tendo sido o criador dos personagens humorísticos ‘Raimundo e Maria’ que marcaram o horário eleitoral de Manaus.

No teatro, criou e participou do grupo Massa. Atuante nas mostras estudantis de artes cênicas, tornando-se bastante conhecido devido ao sucesso das montagens de “A Chegada de Lampião no Inferno”, de Leandro Filho, que passou 10 anos em cartaz; “Deus Negro”, baseado no texto do poeta Neimar de Barros, e “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Mello e Neto.

Além de Mahall, as aulas contarão com o ator Tony Ferreira, que atua há 19 anos na cena teatral manauara, com participação em mais de 50 espetáculos. Tony faz parte da equipe de teatro do SESI Amazonas há 15 anos, realizando apresentações “in company” nas empresas do PIM e eventos que a instituição promove. O ator também atua na Companhia Zona Cultural, que já participou de turnês pelo Nordeste com a peça “Fando y Lis”, do espanhol Fernando Arrabal.

O SESI Amazonas conta ainda com os serviços do ator Adriano Leal, oficineiro de iniciação teatral, escolhido como Melhor Ator no II Fetam (AM), em 2005, e no XXI Faces (PA), em 2006. Leal também atua como cantor, tendo sido premiado no Festival da Canção de Porto Trombetas (PA) e recebeu Aclamação Popular no Festival de Música de Óbidos (PA).

Mahall explica que os atores formados no SESI poderão atuar em eventos no formato laboratório, nas unidades do SESI, e em produção de espetáculos teatrais como encerramento de módulos. O curso pretende despertar o senso artístico nos participantes e, a partir daí, garantir o seu crescimento dentro das artes cênicas, com possibilidade de compor o elenco do Grupo de Teatro Popular do SESI. “O diferencial do SESI é que trabalhamos com o Teatro-Empresa, voltado para as empresas do PIM, com foco na saúde e bem-estar do trabalhador”, disse Mahall.

Os trabalhadores da indústria interessados em participar do curso devem apresentar apenas a carteira do SESI atualizada. Os não industriários, além da carteira devem pagar o valor total de R$ 60,00 ou R$ 20 mensais. Mais informações na Central de atendimento do SESI Clube do Trabalhador, localizado na Alameda Cosme Ferreira, 7399, São José I, ou pelos números 3248-0468 ou 3216-1030.

você pode gostar também