As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Sinetram negocia com rodoviários para evitar novas greves

Os atuais salário e benefícios dos motoristas em Manaus são o segundo maior do Brasil, no valor total de R$ 3.078,43, ficando atrás apenas de Porto Alegre/RS, onde os motoristas recebem R$ 3.219,44

Na tarde desta quinta-feira (22), o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), se reuniu com representantes do Sindicato do Rodoviários para uma nova rodada de negociações para tratar da convenção coletiva da categoria. Está marcada uma nova reunião para a tarde desta sexta-feira (23) para o prosseguimento das negociações.

Vale ressaltar que, em abril deste ano, os trabalhadores já receberam um reajuste de 10%. O atual salário dos motoristas de Manaus, somado aos benefícios que recebem, é o segundo maior do Brasil, no valor R$ 3.078,43, ficando atrás apenas de Porto Alegre/RS, onde os motoristas recebem R$ 3.219,44.

“Os rodoviários já ingressaram na justiça para tentar obter suas reivindicações. Mas entendemos desnecessário e estamos dialogando para que possamos resolver essa situação. De qualquer modo, não há motivo para novas paralisações. Vamos ter mais uma rodada de conversa com o sindicato dos rodoviários e tentar um desfecho positivo ainda nesta sexta”, destaca o presidente do Sinetram, Carmine Furletti.

Paralisações

Membros do sindicato dos rodoviários realizaram mais duas paralisações na manhã desta quinta-feira (22). A primeira ocorreu na garagem da empresa Líder, entre 4h e 6h. A segunda paralisação aconteceu entre 10h e 13h, em dois terminais de linha da empresa, localizadas nos bairros Mutirão e Flores. A Líder opera em 21 linhas, com 85 carros, em bairros da zona Norte.