As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Sistema Sepror promove cursos no lançamento do Plano Safra 2019/2020

Produtores rurais, incluindo agricultores familiares, pescadores, extrativistas, indígenas do Amazonas e técnicos do setor, que prestigiaram o lançamento do Plano Safra 2019/2020, no Centro de Convenções Vasco Vasques, na quarta-feira (17/07), também participaram de cursos de capacitação voltados ao setor primário, visando a profissionalização do setor rural.

Ao todo foram ofertados seis oficinas como, palestra sobre a piscicultura e pesca no Amazonas, seminário jurídico sobre a legislação tributária do setor agropecuário, palestra sobre o cooperativismo, oficina sobre técnicas de arranjos florais, palestra técnica da cadeia produtiva do açaí e o curso de higienização da indústria de processamento de alimentos.

Fomento da pesca e piscicultura no Amazonas – O curso sobre a pesca e a piscicultura contou com a participação de aproximadamente 200 pessoas, relatando projetos como a Pró-piscicultura com o recurso de R$ 4 milhões e para Pró-pesca de aproximadamente R$ 4 milhões, com o objetivo de desenvolver ações da pesca e piscicultura no Amazonas, por meio de profissionalização, regularização ambiental e fomento à atividade.

O engenheiro de pesca do Sistema Sepror, Paulo Rolim, afirma que a pesca e a piscicultura são projetos prioritários do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal e Sustentável do Amazonas (Idam), e que promoverá visitas e orientações em 27 municípios do Estado.

“A orientação será feita por meio de cartilhas e folders, além de visitas nos municípios que fazem parte da programação. Buscamos atender cerca de 50 famílias de pescadores de cada município visitado, para treinamentos de pescadores, por meio de palestras e cursos”, afirma Paulo Rolim.

O presidente do sindicato do município de Manicoré (460 quilômetros distante de Manaus), Hetyeson Monteiro, que vem de uma família de pescadores, comenta sobre a importância de levar esse conhecimento aos pescadores do Amazonas.

“Vim para o lançamento do Plano Safra, representando meu município, e vou levar esse conhecimento que adquiri no curso sobre a pesca e aquicultura, para todos os pescadores do município, muito bom ver que a pesca está sendo lembrada nesses seis meses de gestão do Governo atual”, conclui Hetyeson.

Palestra sobre a cadeia produtiva do açaí – Temas como, Higienização da Indústria de Processamentos de Alimentos, Cultura e Mercado do Açaí foram abordados na palestra técnica da cadeia produtiva, que contou com a participação de aproximadamente 100 pessoas.

Cooperativismo – Trabalhar juntos para crescer juntos. Com estas palavras, o presidente da Organização de Cooperativas do Brasil no Amazonas (OCB-AM), o presidente do Sistema OCB/AM, José Merched Chaar, deu início à palestra com o tema Cooperativismo, para agricultores que participaram do evento.

Entre os assuntos destacados, os participantes assistiram a explicação sobre os sete ramos do Cooperativismo. “Estamos entrando em uma nova fase no ramo empresarial no Amazonas e trabalhar em cima de cooperativas é uma alternativa especial para quem busca crescimento no mercado”, destacou Chaar.

Entre os tópicos apresentados pelo presidente da OCB, por meio de um slide explicativo, os produtores rurais puderam aprender sobre a primeira comunidade de cooperativismo do mundo, princípios, mandamentos, adesão voluntária, gestão democrática e entre outros tópicos, que proporcionaram mais conhecimento para todos.

Outra palestra que serviu para atribuir mais conhecimento aos produtores do setor primário do Amazonas, aconteceu também no Plano Safra, muitos agricultores puderam aprender mais sobre tributação e ações jurídicas voltadas para o setor primário.

Para o palestrante, auditor fiscal da Secretaria de Fazenda, Alan Correa, tratar a tributação do ICMS para o setor primário contribuiu para esclarecer os benefícios. “O setor agropecuário precisa saber sobre seus direitos e o que tem acesso, então, aqui tivemos a oportunidade de tirar dúvidas, explicar sobre a legislação e os convênios que o Governo do Estado faz parte e as formas de reduzir os custos. Vimos que nosso objetivo foi alcançado e que muitas pessoas puderam tirar suas dúvidas durante a palestra”, declarou.

FOTO: DJALMA JÚNIOR/SEPROR

você pode gostar também