Foto - reprodução internet

Na noite desta terça-feira (4), três homens foram presos e um adolescente apreendido acusados de fazerem um arrastão na Praça do bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. A polícia informa que dois deles são soldados do exército e portavam uma arma e objetos roubados, horas depois do crime.

O Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) recebeu uma denúncia sobre quatro homens que fiziam arrastão na Praça, por volta de 21h30. Uma pessoa, inclusive, teria revidado ao ataque e atirado na direção dos assaltantes. Eles fugiram em um carro.

Uma viatura da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) avistou um adolescente, de 17 anos, e outro homem, de 19 anos, soldado do exército, em atitude suspeita, na Avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, e os abordou. Eles encontraram uma arma falsa (simulacro de pistola) celulares com eles.

Ao serem questionados sobre o material, os suspeitos confessaram que participaram do arrastão e que abandonaram o carro no bairro Renato Souza Pinto. Eles informaram ainda que o dono do carro, de 21 anos, também havia participado do crime, além de um outro comparsa, de 28 anos. Todos foram localizados e presos. Segundo a polícia, o dono do carro também foi identificado como soldado do exército.

O quarteto foi encaminhado para o 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos cabíveis. As vítimas estiveram na delegacia e reconheceram os homens como praticantes do arrastão.

Nota do Exercito

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas deteve, na noite do dia 04 dez 18, 02 (dois) soldados do Exército Brasileiro, suspeitos da prática de delito de natureza comum.

Os soldados, após serem submetidos aos procedimentos legais pela Autoridade Policial, foram entregues para custódia do Exército Brasileiro (7° Batalhão de Polícia do Exército), onde permanecerão à disposição da Autoridade Judicial.

O Exército Brasileiro reforça que não compactua com procedimentos que ferem princípios éticos e morais, e também, que age sempre de forma a preservar o cumprimento das leis e dos regulamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here