SP: Candidatos ao governo votam em colégios na capital paulista

Os candidatos ao governo de São Paulo que disputam o segundo turno, João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB), votaram na manhã deste domingo (28) em colégios na capital paulista.

Doria foi votar às nove horas da manhã e disse que a “apuração será emocionante e que a disputa será voto a voto.”

O tucano comentou as pesquisas que apontaram ligeira subida de seu adversário e ressaltou que não desqualifica os números, mas afirmou que “a melhor pesquisa é o voto, aquele que vai digitado na urna e que, ao final da eleição, é computado.” Acrescentou ainda que sua luta é “contra a esquerda, contra o PT e contra aquilo que foi um dano ao nosso país”.

Márcio França, candidato que tenta a reeleição, chegou para votar pouco antes das 10h30 ao colégio onde vota, no Itaim Bibi, na Zona Sul. Ele estava acompanhado da mulher, a professora Lucia França.

Logo depois de votar, Márcio França disse que “São Paulo vai dar um recado firme em direção à verdade e também à união”. França falou ainda em humildade para esperar o resultado das urnas e ressaltou que essa “não é uma eleição tranquila para ficar comemorando, sambando em cima de balcão.”

Na pesquisa Ibope divulgada neste sábado (27), um dia antes da votação, os candidatos apareciam rigorosamente empatados: cada um tinha 50% dos votos válidos. Já o levantamento feito pelo DataFolha, também divulgado neste sábado, indicou vantagem mínima para Márcio França: 51% dos votos válidos contra 49% de Doria.

Reportagem, Cintia Moreira

#Eleições2018