A cerimônia ocorreu na última sexta-feira (08), no CT Barbosa Filho. Na ocasião estavam presentes o presidente e vice, jogadores, comissão técnica e familiares para celebrar a conquista

No domingo, 03 de fevereiro de 2019, a equipe sub-17 do Nacional Futebol Clube sagrou-se bicampeão da Copa das Cachoeiras. A competição de base é realizada no município de Presidente Figueiredo, localizado a 125 km da capital Manaus, é disputada nas categorias sub-13, sub-15 e sub-17.

A equipe azulina, comandada pelo técnico, William Silva, foi até a terra das cachoeiras em busca do bi Campeonato e confirmou o favoritismo sangrando-se campeão em 2019, o primeiro título do Leão nesta temporada. O grupo fez questão de ir pessoalmente até o presidente do clube, Nazareno Melo, para entregar o troféu.

A cerimônia ocorreu na última sexta-feira (08), no CT Barbosa Filho. Na ocasião, além do presidente e vice, estavam presentes os jogadores, comissão técnica e familiares para celebrar a conquista.

Para o técnico, William Silva, os jogadores mereceram a conquista pelo esforço e dedicação nos treinamentos e nas partidas disputadas.

“Os meninos mereceram essa vitória. São esforçados, unidos, um ajuda o outro. Eles foram dispostos em fazer o seu melhor e está ai o resultado. Estou orgulhoso deles, trabalhamos duro e veio a recompensa”, declarou.

Ele ressaltou ainda a importância da ajuda dos pais nessa caminhada e aposta muito nesses nesses jogadores.

“Os pais do atletas se reuniram para ajudar, sonharam o sonho dos filhos. Eles acompanharam cada jogo, ajudaram financeiramente e isso é gratificante para todos nós. O Campeonato Amazonense está chegando e esperamos a mesma força de vontade para fazermos história mais uma vez”, enfatizou.

Nazareno Melo, não escondeu a emoção e o orgulho ao receber o troféu das mãos dos meninos e da comissão técnica. Ele fez questão de se colocar à disposição para colaborar no que for possível.

“Estou muito feliz por vocês. Vocês são um orgulho para nós. Estou aqui para ajudar no que for necessário. Quero deixar claro que vocês são muito importantes para a instituição Nacional Futebol Clube e vamos comemorar que vocês merecem”, disse.

A campanha

Na primeira fase, o Naça esteve no grupo A com clubes como São Raimundo-RR, Terra Santa-PA e Escola Oficial do Flamengo Manaus. No primeiro jogo, o Leão derrotou o Flamengo Manaus por 2 a 0, já no segundo jogo empatou com a equipe do São Raimundo-RR, em 2 a 2, na terceira partida, o Mais Querido atropelou a equipe de Terra Santa-PA, por 4 a 0 se classificou em primeiro no grupo. Na semifinal o time azulino enfrentou a forte equipe do Rupunuini da Guiana Inglesa, em jogo difícil e truncado, os nacionalinos venceram por 3 a 1 com gols de Tiago, Paulino e Rafinha de cabeça, carimbando a participação na final, que por ventura foi a reedição da final de 2018, contra a forte equipe do São Raimundo-RR.

A rivalidade era visível e as torcidas animadas. Quando aos 40 minutos do segundo tempo, após uma jogada de muita raça do atacante, Gil, na linha de fundo, ele cruza para o atacante, Tiago que cabeceou para o fundo das redes para o Leão da Vila Municipal levantar novamente a taça de campeão da Copa das Cachoeiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here