29.3 C
Manaus
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Suframa discute cooperação técnica para avanços da cadeia produtiva do cacau

A criação de uma cooperação técnica institucional para fortalecer a cadeia produtiva do cacau no estado do Amazonas foi o foco da reunião entre o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, e o auditor fiscal federal agropecuário do Ministério da Agricultura, José Raul dos Santos Guimarães, ocorrida nesta sexta-feira (24), na sede da Autarquia. Também estiveram presentes, o superintendente-adjunto de Projetos da Suframa, Leopoldo Montenegro, e representantes da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).

Guimarães, que está à frente da Superintendência Regional do Desenvolvimento da Lavoura Cacaueira nos Estados do Pará e Amazonas, ressaltou o potencial expressivo do Amazonas na cacauicultura, especialmente na base do ecossistema, enfatizando a contribuição da Ceplac que ofereceu sua estação de pesquisa e uma área de 4.200 hectares para a criação de um centro de produção, visando impulsionar o conhecimento técnico-científico e a geração de tecnologia no ramo.

“É um ambiente onde podemos colaborar em conjunto com o Idam, Fapeam, Adaf e, com o apoio da Suframa, promover um programa contínuo de capacitação para técnicos e agricultores na tecnologia de produção de cacau. Isso possibilitará que a cacauicultura do Amazonas conquiste novos espaços, tanto no cenário nacional quanto internacional”, explicou Guimarães.

O Superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, destacou a importância significativa desse impulso para o setor, colocando a Autarquia à disposição para avançar nas tratativas para formalizar o acordo de cooperação técnica. “O cacau representa uma das principais cadeias produtivas no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS) e estamos totalmente empenhados em aprofundar essa parceria”, afirmou Saraiva.

Data: 24/11/2023

Texto: Layana Rios

Foto: Divulgação/Suframa

spot_img