A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) deverá fazer nova convocação do concurso de 2014, antes do prazo final previsto em Edital, que é o mês de abril. A garantia foi dada pela secretária executiva do órgão, Vanessa Nascimento, em reunião na tarde desta terça-feira (12/02), com uma comissão de concursados, no auditório da secretaria.

Segundo a secretária, um grupo de trabalho interno está preparando os estudos que vão embasar a nova chamada. Pelos cálculos, ainda faltam ser chamados 774 classificados dentro do número de vagas do edital. A ideia é contratá-los no lugar de funcionários de Regime Especial Temporário (RET). “Vamos aguardar o relatório da nossa equipe para a tomada de decisão”, explicou.

A secretária executiva esclareceu que a substituição dos RETs por concursados implica no orçamento do Estado e precisa ser realizada de forma gradativa, mas dentro do prazo do concurso. “Tirar os temporários implica no orçamento, essas pessoas têm direitos assegurados, indenizações que precisam ser pagas e elas já sabem que serão desligadas, pois há determinação legal para isso”, afirmou.

Vanessa Nascimento reiterou que o compromisso do vice-governador e secretário de saúde, defensor Carlos Almeida, é cumprir o que determina a legislação, portanto não serão perpetuadas as contratações temporárias de forma irregular. “Nós temos esse conhecimento jurídico, nós temos essa noção e nós queremos, sim, corrigir essas falhas”, pontuou.

Membro da Comissão dos Concursados, a administradora Luana Corrêa, aprovada no cargo de técnica em administração superior, destacou que a reunião teve êxito. “Definimos que nós vamos aguardar esse tempo, já que assumiram o compromisso com a gente de nos chamar e vamos esperar que a gestão pública consiga se alinhar e fazer a nossa chamada”, disse.

FOTOS: VITOR SOUZA/SUSAM