Amazonas Notícias

Tamoiotatá 4: PMAM prende homem com armas e munições no sul do Amazonas

A operação é a maior força-tarefa compostas por órgãos estaduais, federais e municipais

Policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), em cumprimento à operação Tamoiotatá 4, de combate aos crimes ambientais, prenderam um homem suspeito de posse irregular de arma de fogo e munição de uso permitido. A prisão foi registrada em Apuí (a 453 quilômetros de Manaus).

As equipes estavam em operação conjunta com os órgãos ambientais, no início desta semana, no ramal do Geleia, quando identificaram o homem em uma propriedade rural em atitude suspeita. Durante abordagem e revista na residência, encontraram diversas munições no local.

Após a prisão do suspeito, os policiais seguiram revistando o local e encontraram, escondidos entre os galhos, uma espingarda calibre 12, um rifle calibre 22 e uma carabina calibre 357.

O homem foi encaminhado para a Polícia Cívil em Apuí, por suspeita de envolvimento em crimes de posse irregular de arma de fogo e munição de uso permitido.

Operação Tamoiotatá

Como parte do plano de preparação do Governo do Amazonas contra a estiagem prevista para este ano, a operação Tamoiotatá 4 teve início no dia 30 de abril. A ação é realizada em todo o sul do estado e tem como objetivo atuar na repressão de crimes ambientais, uma vez que a área concentra cerca de 85% dos crimes de desmatamento e queimadas em todo o estado. As ações são realizadas de forma integrada com a participação de órgãos estaduais e federais.

A operação Tamoiotatá é uma Força-Tarefa composta por equipes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), da Polícia Militar (PMAM), da Polícia Civil (PC-AM), o Corpo de Bombeiros (CBMAM), da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), e do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

FOTO: Divulgação/SSP-AM

Relacioandos