Take a fresh look at your lifestyle.

Taxa de mortalidade infantil no Amazonas é a quinta maior do Brasil

A mortalidade das crianças menores de 1 ano é um importante indicador da condição de vida socioeconômica da região

-publicidade-

Com 16,7 óbitos de crianças menores de 1 ano para cada 1.000 nascidos vivos, o Amazonas apresenta a quinta maior taxa do Brasil. Além disso, as expectativas de vida no Estado, tanto para homens, quanto para mulheres, e ainda para idosos chegarem aos 80 anos, estão entre as menores do país.

Essas são algumas informações das Tábuas Completas de Mortalidade para o Brasil referente a 2019, e divulgadas hoje (26) pelo IBGE. A expectativa de vida fornecida pelo estudo é um dos parâmetros para determinar o fator previdenciário, no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social. O estudo das Tábuas de Mortalidade são provenientes da projeção oficial da população do Brasil para o período 2010-2060.

Mortalidade Infantil

A mortalidade das crianças menores de 1 ano é um importante indicador da condição de vida socioeconômica de uma região. O Brasil apresentou uma taxa de 11,9%, ou seja, 11,9 óbitos de crianças menores de 1 ano para cada 1.000 nascidos vivos.

A taxa de mortalidade infantil do Amazonas foi de 16,7% (16,7 óbitos de crianças menores de 1 ano para cada 1.000 nascidos vivos), a quinta maior do país. As menores taxas de mortalidade infantil foram as do Espírito Santo (7,8%), do Paraná (8,2%) e de Santa Catarina (8,4%). As maiores taxas foram as do Amapá (22,6‰), de Rondônia (18,8‰) e do Maranhão (18,6%).

-publicidade-