As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Tendência sustentável: curso online ensina técnicas e conceitos de arquitetura ecológica

Setor da construção civil é um dos principais responsáveis pelos impactos ambientais no mundo

Geração de resíduos sólidos em abundância, consumo exacerbado de recursos naturais e utilização de energia de forma descontrolada. Estes são alguns dos fatores apontados pelo Conselho Internacional da Construção (CIB) que colocam a indústria da construção como o setor de atividades humanas mais responsável pelos impactos ambientais no mundo. O levantamento do conselho estima que mais de 50% dos resíduos sólidos gerados pelo conjunto das atividades humanas sejam provenientes da construção.

Com alternativas que visam a sustentabilidade nas obras, o Ekôa Park, por meio de sua escola de natureza (Tekôa), acaba de lançar o curso de Arquitetura Ecológica online, que já era oferecido presencialmente, mas foi adaptado durante a pandemia. “Sabemos que é um período difícil para viagens e deslocamentos e, ao mesmo tempo, é um momento que todos estão com sede de conhecimento, procurando novas formas de fazer as coisas”, comenta a coordenadora do Tekôa, Ana Luiza de Rosa.

Segundo o coordenador pedagógico do curso de Arquitetura Ecológica, Tomaz Lotufo, o programa é voltado não só para arquitetos e engenheiros. “Todos que têm interesse em compreender as questões centrais da ecologia no que se refere à habitação são muito bem-vindos ao curso”, explica. Segundo o arquiteto, o programa busca planejar a habitação, diagnosticar o local e usar as forças da natureza a favor de quem constrói. “As soluções de infraestrutura da habitação precisam ser baseadas no que nós vemos na natureza. Nesse vínculo. A gente esquece que a natureza reúne conhecimentos milenares e que a gente pode usar isso de uma maneira mais adequada”, afirma.

O curso está com inscrições abertas pelo e-mail [email protected] e possui vagas limitadas. As aulas serão online e ao vivo, todas as quartas-feiras, de agosto a dezembro. Confira a programação completa.

> Módulo I – Materiais e Técnicas, com Helena Ruette / dias 05, 12, 19 e 26/08;

> Módulo II – Água: Soluções Baseadas na Natureza, com Guilherme Castagna / dias 02, 09, 16 e 23/09;

> Módulo III – Energia Renovável e Arquitetura Bioclimática, com Nilson Dias / dias 30/09, 07, 14 e 21/10;

> Módulo IV – Paisagismo Regenerativo, com Bianca Leopoldino e Karin Hanzi / dias 26/10, 04, 11 e 18/11;

> Módulo V – Arquitetura de Impacto Social Positivo, com Edgard Gouveia Jr, Marcelo Rosenbaum e Tião Rocha / dias 25/11, 02, 09, 16/12;

Os alunos podem se inscrever para o programa completo (R$ 330 por mês) ou para módulos específicos (R$ 400 por módulo). No dia 29 de julho será realizada uma aula inaugural, aberta e gratuita, com Tomaz Lotufo.

Sobre o Ekôa Park

O Ekôa Park é um paraíso ecológico dentro da maior área contínua remanescente de Mata Atlântica, que encanta e inspira por meio de experiências únicas e transformadoras, conectando as pessoas com a natureza. Localizado em Morretes, na região litorânea do Paraná, o parque foi criado a partir da necessidade de proteger e preservar uma reserva de 238 hectares de Floresta Atlântica, ameaçada pelo desmatamento irregular, invasão de posseiros e caçadores. Acreditando no poder da transformação, o empreendimento foi idealizado para mudar esse cenário, agindo como um catalisador de novas oportunidades e disseminador de conhecimento, em uma área privilegiada destinada ao lazer, entretenimento, educação ambiental e desenvolvimento profissional.