As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Titular da Dema explica o que configura crime de maus-tratos a animais

Os crimes contra animais domésticos lideram as queixas registradas na Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema). A afirmação é da delegada titular da unidade policial, Caroline Guedes. A autoridade policial explica até onde pode ser considerado crime, quais as consequências para quem o faz e como ajudar a denunciar essa prática.

Agredir, abandonar, não alimentar, deixar preso em condições precárias e até faltar com atenção em relação à pulgas e carrapatos, são algumas situações que configuram maus-tratos a animais, segundo a titular da Dema. Caroline informa, ainda, que as penas para quem comete essas infrações variam de prestação de serviços comunitários até um ano de prisão.

Conforme a delegada, as denúncias mais comuns são de pessoas que delatam os vizinhos por abusos cometidos com os bichos. Cães e gatos lideram a lista de animais envolvidos nas ocorrências. Guedes afirmou que as denúncias envolvendo animais silvestres não ficam de fora da lista e devem ser tratadas da mesma forma pela população. Nesse caso, a pena pode aumentar para até dois anos se o animal estiver em extinção.

“Orientamos a todos que vejam qualquer animal em alguma situação de maus-tratos que procure a delegacia mais próxima para registrar a ocorrência. O caso é encaminhado à equipe da Dema, que ficará responsável em apurar a veracidade da informação durante as diligências. Caso alguém presencie uma pessoa desconhecida agredindo um animal na rua, por exemplo, o ideal é que se tirem fotos ou filme a ação para poder comprovar o delito”, recomenda a delegada.

O prédio da Dema fica localizado na Rua São Francisco, bairro Coroado, zona Leste de Manaus. O telefone para contato é o (92) 3239-3870.