Promovido pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) a partir desta terça-feira (13), Seminário de Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas da Amazônia (Segam) terá apresentação de painéis científicos de universidades, com exposição de artigos acadêmicos. Além da Universidade federal do Amazonas (Ufam) e da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), instituições de outros estados participarão do evento.

De 473 inscritos e 100 trabalhos submetidos, 71 foram aprovados para participar do evento e terão exposição no Hall de eventos do TCE, paralelo ao Segam. Uma comissão formada por 16 professores mestres e doutores da UEA e da Ufam avaliaram os trabalhos, divididos por temas, e anunciarão durante o evento os 25 melhores e os 5 melhores no final do evento.

Os artigos abordam assuntos ambientais relacionados à realidade da Amazônia, como desmatamento, exploração mineral, comunidades ribeirinhas, e a relação destes temas com o poder público da região. Além de universidades amazonenses, instituições como a Universidade de Brasília, a Universidade Estadual de Roraima e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre participarão dos painéis científicos.

Os cinco trabalhos que tiverem melhor avaliação pela comissão de professores receberão menção honrosa ao final do evento. Os 25 melhores artigos científicos serão compilados e publicados em um livro, a ser lançado durante o 2º Simpósio Internacional de Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas, que será realizado em Manaus, em outubro de 2019.

O Segam reunirá membros dos Tribunais de Contas de vários Estados da Amazônia Legal, como Pará, Mato Grosso e Tocantins, para debater o papel dos órgãos de controle na preservação ambiental. A conselheira-presidente do TCE-AM, Yara Lins dos Santos, realizará a abertura, e o conselheiro Júlio Pinheiro, criador do Departamento de Meio ambiente do TCE amazonense, assim com o vice-presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, terão participação de destaque nas palestras do seminário.

O evento será aberto para estudantes, técnicos, profissionais liberais e sociedade civil, sendo uma prévia do Simpósio Internacional de Gestão Ambiental de 2019.

Texto: Deborah Oliveira|

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here