Take a fresh look at your lifestyle.

Três toneladas de pescado ilegal são apreendidas por agentes da base Arpão

-publicidade-

Agentes da Base Arpão, durante fiscalização realizada na tarde de quinta-feira (03/12), apreenderam três toneladas de pescado ilegal na embarcação Pesqueiro Lourão, no rio Catoá, município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus). Dentro do barco, foram encontrados 2 mil quilos de tambaqui e mil quilos de pirapitinga. O pescado apreendido foi doado para instituição filantrópica do município.

De acordo com o major Eduardo Freitas, comandante da operação, durante fiscalização nas embarcações visando combater a pirataria e o tráfico de drogas, os agentes abordaram o barco Pesqueiro Lourão, oriundo da comunidade de Catoá. E, durante as vistorias feitas pelos agentes ambientais e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), foi constatado o transporte de pescado ilegal, que estão na época do defeso.

Ainda de acordo com o comandante, o dono da embarcação foi detido para prestar depoimento na Base Arpão. Após ser ouvido, ele foi autuado em flagrante por crime ambiental. O pescado foi apreendido e levado à Delegacia Interativa de Polícia do município. O material está avaliado em R$ 15 mil.

Criada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Base Arpão atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ibama.

FOTO: Divulgação/SSP-AM

-publicidade-