As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Trio é preso com cocaína, oxi e maconha no bairro Cidade de Deus

A equipe de investigação do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prendeu em flagrante, na tarde desta terça-feira (2/7), por volta das 17h30, Fabrício Nascimento da Silva, 22; Kadson Lopes Viana, 23, conhecido como “Esquilo”, e Matheus Lima da Silva, 21, chamado de “Neguinho”. Com eles os policiais civis apreenderam 34 trouxinhas e uma porção pequena de oxi, nove trouxinhas de cocaína, uma porção média de maconha e uma balança de precisão.

O flagrante ocorreu após a equipe de investigação receber cerca de cinco delações anônimas, feitas ao número (92) 99292-1015, o disque-denúncia da unidade policial, relatando que três indivíduos, com as características dos infratores, estariam comercializando entorpecentes na rua Vasco da Gama, no bairro Cidade de Deus, zona norte da capital.

“Logo após as denúncias, imediatamente fomos até o local indicado e percebemos que eles estavam comercializando drogas em via pública. Nós os identificamos a partir das características repassadas e efetuamos a abordagem. Durante revista encontramos com eles 34 trouxinhas de oxi, uma porção pequena da mesma droga, nove trouxinhas de cocaína, uma porção média de maconha e uma balança de precisão”, disse o delegado Ricardo Cunha, titular da unidade policial.

Cunha ressaltou, ainda, que Kadson Lopes tem passagem pela polícia por roubo cometido em 2018. O jovem estava respondendo ao processo em liberdade condicional e faz uso de tornozeleira eletrônica.

Flagrante – Fabrício, Kadson e Matheus foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, eles serão levados para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.

Disque-Denúncia – Para concluir, Ricardo Cunha destaca a importância das denúncias feitas pela população, para coibir crimes ocorridos na área de abrangência do 13º DIP. “Quem puder nos ajudar, entrar em contato pelo disque-denúncia da unidade policial: (92) 99292-1015, utilizando o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. A identidade do denunciante será preservada”, garantiu.

FOTO: Divulgação / PC-AM

você pode gostar também