As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Trio é preso com documentos falsos, arma e munições

Governo 3
Laudeide Alves Ferreira, 40,  Pedro Natan Silvia Nascimento, 24 e João Paulo Conceição Castro, 27
Laudeide Alves Ferreira, 40, Pedro Natan Silvia Nascimento, 24 e João Paulo Conceição Castro, 27

Policiais lotados no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) registraram na tarde de quinta-feira, 5, as prisões em flagrante de Laudeide Alves Ferreira, 40, João Paulo Conceição Castro, 27, e Pedro Natan Silvia Nascimento, 24, realizadas por policiais militares da Força Tática na tarde de ontem.

A guarnição foi acionada por volta das 15h, por funcionários de uma agência bancária situada na Avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14 de Janeiro, zona Sul da cidade, após Laudeide apresentar uma carteira de identidade falsa para tentar sacar dinheiro do benefício auxílio reclusão, concedido a familiares de detentos durante o período em que o assegurado da Previdência Social está preso em regime fechado ou aberto.

De acordo com o tenente da Força Tática, Felipe Coelho, quando os policiais chegaram ao banco e questionaram a procedência do documento falsificado, a mulher confessou o delito e informou aos militares que não estava agindo sozinha, indicando onde estavam os comparsas, que foram presos minutos depois, em um hotel nas proximidades do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim, na zona Centro-Sul de Manaus.

Governo 2

No lugar foi apreendido ainda um revólver calibre 38 com a numeração raspada, contendo cinco projéteis intactos, vários documentos, entre carteiras de identidade preenchidas com informações falsas e cédulas em branco, cartões de crédito em nome de outras pessoas, Cadastros de Pessoa Física (CPFs), carimbos e cheques com valores entre R$ 500 e R$ 5 mil, um notebook, uma impressora, além de aproximadamente R$ 100 em espécie.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, dia 6, na sede do 1º DIP, o delegado titular daquela unidade policial, Rodrigo de Sá, repassou detalhes da ocorrência. Na ocasião, ele afirmou que os três presos são de Porto Velho, capital de Rondônia.

“João alegou em depoimento que é o responsável por todo o esquema. Acreditamos que tenham outras pessoas envolvidas no caso. Sabemos que todas as pessoas presas nessa ação têm participação efetiva no crime. Laudeide informou que conheceu João ainda em Porto Velho e que ele prometeu diversas coisas a ela, inclusive uma casa”, frisou o delegado.

Rodrigo de Sá disse ainda que benefício que eles tentavam receber estava acumulado há muito tempo, totalizando aproximadamente R$ 30 mil, e pertencia a uma mulher, parente de um preso. “João disse que as informações da vítima ele obteve de uma pessoa, que ele não disse o nome, por isso a gente supõe que eles integram uma quadrilha estruturada, que consegue esses dados de instituições financeiras e bancárias”, argumentou o titular do 1º DIP.

Os três foram autuados em flagrante por furto qualificado mediante fraude, associação criminosa e pose ilegal de arma de fogo de uso restrito. João Paulo e Pedro Natan serão levados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, onde ficarão à disposição da Justiça. Laudeide será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), situado no km 8 da rodovia federal BR–174.