Ericson Damasceno da Costa, 21; Max Dias da Costa, 27, e Túlio Ferreira de Souza, 18, foram presos na tarde desta sexta-feira (5/10), no bairro Educandos, zona sul, durante operação deflagrada com foco no combate ao tráfico de drogas na capital. Durante a ação, três quilos de maconha do tipo skunk foram apreendidos e diversos objetos roubados foram recuperados em uma casa apontada por denúncias como boca de fumo.

A operação foi realizada pela Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais do Amazonas (Core-AM) e envolveu policiais civis lotados no Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), além de servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), Secretaria-Executiva-Adjunta de Operações Integradas (Seaop), Força-Tática da Polícia Militar e policiais civis lotados na Delegacia Fluvial (Deflu), Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP).

A ação policial foi realizada no bairro Educandos e na orla fluvial. Os policiais percorreram ruas alvo de denúncias de movimentação do tráfico e também percorreram palafitas. A medida faz parte da operação “Ocupação”, determinada pelo secretário de Estado de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva.

“Fechamos todo o perímetro do beco do Gelão. Fizemos operação especial na área envolvendo recursos fluviais, terrestre e incursão na mata. Identificamos algumas bocas de fumo e prendemos essas três pessoas em flagrante por tráfico de drogas e apreendemos materiais roubados ou furtados das pessoas na orla da cidade”, explicou o diretor do Core, delegado Juan Valério.

Dos três presos, dois já tinham passagem pela polícia. Túlio Ferreira de Souza já tinha passagem por tráfico de drogas e Max Dias da Costa por roubo. De acordo com o comandante da Força- Tática, tenente-coronel Klinger Paiva, não houve resistência durante as prisões.

“Utilizamos informações da Inteligência da Core e Seaop. Delimitamos a operação por onde cada um seria responsável, fizemos a contenção e, com base nisso, fomos direto aos pontos para fazer o flagrante. Durante a abordagem, conseguimos surpreender os infratores. Outros não tinham flagrante e foram liberados em seguida”, argumentou Paiva.

De acordo com o secretário da Seaop, delegado Guilherme Torres, operações nesses mesmos moldes serão realizadas em outros bairros da zona sul. “A ação foi cirúrgica. Além do trabalho preventivo que realizamos na zona sul ao longo da semana, hoje deflagramos a parte repressiva. Essa foi a primeira fase, no Educandos, e vamos fazer em todas as áreas da zona sul”, destacou Torres.

O trio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos trâmites legais, Ericson, Max e Túlio serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da cidade.

FOTOS: ERLON RODRIGUES / ASSESSORIA DA POLÍCIA CIVIL DO AMAZONAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here