Take a fresh look at your lifestyle.

Trio é preso e adolescente apreendido por envolvimento em homicídio na zona Norte

-publicidade-

JULIANO, JOSÉ LINO E THIAGO (2)
JULIANO, JOSÉ LINO E THIAGO

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores do 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), registrou no início desta quarta-feira, 4, as prisões do mototaxista José Lino Gonçalves, 49, conhecido como “Dezessete”; do lavador de carro Juliano Vilaço Pinto, 26, e do industriário Thiago Santos de Sousa, 21, realizadas na madrugada de hoje por policiais militares da Força Tática no bairro Monte das Oliveiras, zona Norte da capital.

Durante a ação, o irmão de Thiago, um adolescente de 15 anos, foi apreendido. Os policiais chegaram até eles após um rapaz, identificado como Ronaldo Alves dos Santos, que tinha 25 anos, vir a óbito após ser alvejado com arma de fogo e ter o corpo esfaqueado. O crime aconteceu na madrugada de hoje, na Rua Achurana, situada naquele mesmo bairro.

Quando chegaram ao local para atender a ocorrência os militares foram informados sobre o possível autor do homicídio. Diante das informações coletadas, a guarnição foi até a residência de Thiago, que fica na Rua das Palmeiras, no bairro Monte das Oliveiras.

No local encontraram o industriário e o irmão dele. Com eles foram apreendidas 58 trouxinhas de substância entorpecente com aparência de maconha. Em frente ao imóvel os policiais prenderam Juliano, que, segundo foi apurado, seria informante da “boca de fumo”.

O mototaxista foi preso em via pública, na Rua Preciosa, naquele mesmo bairro. A moto dele, uma Honda Bros 150, de placa OAD-8713, foi apreendida. Com ele foram encontrados R$ 200 em espécie e na residência dele foi achada uma arma de fogo usada no homicídio, um revólver calibre 38 com numeração raspada contendo seis munições intactas.

No momento da coletiva de imprensa, realizada na tarde de hoje, na sede do 15º DIP, o delegado titular, Olavo Mozer, esclareceu as circunstâncias em que o crime ocorreu. “Após a prisão dos irmãos, os policiais que estavam em diligência souberam que outras pessoas estavam envolvidas, dentre elas um mototaxista, que iria levar R$ 200 em espécie para que outro rapaz fugisse. Já sabemos que o homicídio foi motivado por brigas por ponto de venda de drogas”, declarou a autoridade policial.

O trio foi autuado por associação para o tráfico de drogas (Artigo 35 da Lei nº 11.343/06). José Lino, além da associação, foi autuado também por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (Art. 14 da Lei nº 10.826/03). Thiago foi autuado também por homicídio qualificado e corrupção de menores (Artigos 155 e 218, respectivamente, do Código Penal Brasileiro).

Ao término dos procedimentos legais, eles serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça. O adolescente será conduzido à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Os outros envolvidos já estão sendo procurados. “A partir das informações colhidas no local com testemunhas e também durante o depoimento dos presos, estamos trabalhando em uma linha de investigação árdua, a fim de tirarmos das ruas esses dois que conseguiram fugir”, concluiu Olavo Mozer.

-publicidade-