Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Trio foragido da justiça é preso em Manaus

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), recapturou três foragidos da justiça entre a tarde da última terça-feira (08/06) e o início da madrugada desta quarta-feira (09/06), em ações nas zonas norte, sul e leste de Manaus.

No Centro, zona sul de Manaus, por volta da 15h de terça-feira, a equipe da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) deteve um homem de 38 anos, em atitude suspeita, durante patrulhamento na rua Joaquim Sarmento. Após consulta junto ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), foi notado que ele possuía um mandado de prisão por porte ilegal de arma de fogo. O homem foi conduzido ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde permaneceu à disposição da justiça.

Em outra ação, um homem de 58 anos foi detido, por volta das 15h50, pela guarnição da 15ª Cicom, nas proximidades do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galileia, na avenida Sumaúma, bairro Nova Cidade, zona norte. Constava contra ele um mandado de prisão em aberto, além de várias passagens por estelionato, ameaças, vias de fato e apropriação indevida. O suspeito foi encaminhado ao 6º DIP.

Por volta das 2h51 de hoje (09/06), os policiais militares da 25ª Cicom abordaram um jovem de 20 anos e um adolescente de 15 anos em atitude suspeita na rua Dr. Ademar, no bairro Zumbi dos Palmares, zona leste. Com eles foram encontradas 168 trouxinhas e três porções médias de maconha, duas porções de substância com aspecto de cocaína, R$ 324,00 em espécie, dois aparelhos celulares e duas balanças de precisão.

O jovem de 20 anos teve seu nome consultado junto ao Sisps, e foi verificado que havia um mandado de prisão por homicídio contra ele, além de uma passagem por porte ilegal de arma de fogo.

Os dois receberam voz de prisão e foram encaminhados ao 14º DIP, onde ficaram à disposição da justiça.

Denúncias – A Polícia Militar orienta à população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de ações criminosas, por meio do disque-denúncia 181, ou do 190.

FOTO: Divulgação/PMAM

-publicidade-