A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) encontrou no fim da tarde desta terça-feira (13), um indicativo de túnel no Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM 1), localizado no quilômetro 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).

A entrada da escavação estava escondida embaixo de um vaso sanitário na cela 6 do pavilhão 5. Para os quinze (15) presos da cela onde foi encontrado o indício de túnel, os procedimentos cabíveis serão para dano ao patrimônio público.

A SEAP informa que ainda não se sabe a dimensão da profundidade da escavação devido a quantidade de barro ensacado e lama. De acordo com o Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen), a estimativa era que 250 detentos de dois pavilhões iriam tentar escapar pelo túnel. Nas celas destes dois pavilhões há presos de alta periculosidade, entre eles Alan Sérgio Martins Batista, o “Índio”, um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Segundo as investigações da SEAP, a escavação teve início meses antes da transferência de dez detentos do CDPM 1 para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A suspeita é que esses internos teriam orquestrado o plano de fuga.

O secretário da SEAP, coronel da Polícia Militar, Cleitman Coelho, informa que revistas e procedimentos de segurança estão sendo seguidas em todas as unidades prisionais da capital e do interior, além das operações com o apoio da Polícia Militar (PM). O coronel diz ainda que tem acompanhado procedimentos de trancas nas unidades e atuando na prevenção de ações dos detentos para desestabilizar o sistema prisional.

O local foi isolado e nesta quarta-feira (14) será feito o serviço de concretagem da escavação. O patrulhamento da unidade prisional também foi reforçado agentes da Coordenação do Sistema Penitenciário (Cosipe) estão na unidade para evitar qualquer tipo de convulsão no sistema penitenciário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here