Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

UIAC articula melhorias para a produção agrícola de comunidades em Manacapuru

A Unidade Integrada de Articulação às Comunidades (UIAC) e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) realizaram, na quinta-feira (11/03), visita técnica às comunidades São Francisco e São Raimundo, localizadas no ramal do Arapapá, em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus).

Em reunião com as lideranças comunitárias, produtores rurais solicitaram a aquisição de equipamentos para auxiliar na atividade agrícola, com o preparo do solo para o plantio, e serviços de infraestrutura com a extensão de mais sete quilômetros de ramal, estreitando o percurso entre a comunidade do São Raimundo e a Vila do Jandira, situada em Iranduba, nas proximidades da sede da Cooperativa Mista Agropecuária.

Para o professor e produtor Ednaldo Santos, que dirige a Associação dos Produtores Rurais da Comunidade São Francisco, a perspectiva este ano é de dobrar a produção dos frutos. “Estamos entregando para o abastecimento em Manaus só de mamão, cerca de três toneladas por semana. Se o governo continuar nos ajudando com a abertura do ramal, interligando nossas comunidades, reduziremos o percurso para escoação em cerca de 40 quilômetros”, explica.

Reduzir o trecho de escoamento também é o anseio do produtor Françoar Barbosa que produz mamão, maracujá e hortaliças e dirige a comunidade São Raimundo da Costa do Arapapá. “O IDAM é muito presente aqui conosco, agora com o braço da Casa Civil temos esperança de encurtar nossa espera quanto às nossas reivindicações”, comentou o produtor.

O representante da UIAC, Marcelo Amorim, destaca ações do atual governo para a melhoria de vida nestas comunidades. “O Governo do Estado concretizou o sonho dos produtores e pescadores com a recuperação de 8 quilômetros de ramal do Bela Vista até São Francisco. Logo no início da atual gestão, foram instalados dez purificadores de água em Manacapuru, um deles na comunidade do Arapapá, levando água potável a cerca de 200 famílias que moram na localidade e no entorno”, ressaltou.

O produtor Mauro Meneses, conhecido como “Japonês”, diz que não somente a agricultura, mas a pesca também tem um papel importante em toda a margem esquerda do rio Solimões, que banha aquela região.

“Cerca de 80% dos moradores da nossa comunidade também pesca. Estamos tendo muito sucesso com o pescado este ano, principalmente com as espécies do peixe liso como Caparari, Surubim e Mapará”, comemora Mauro que também tem uma grande plantação de mamões.

Além da UIAC, também estiveram presentes na reunião com as lideranças comunitárias o gerente do IDAM de Manacapuru, Robert Falcão, e a engenheira de pesca Karen Alves. A estimativa é que até o mês de abril deste ano os produtores já possam contar com o equipamento motocultivador.

“Em parceria com a Secretaria de Produção Rural (Sepror), já iremos nos próximos dias entregar um motocultivador, assim a agricultura familiar desses produtores aqui da comunidade São Francisco terá meios de se tornar ainda mais produtiva”, concluiu Amorim.

FOTO: Divulgação / UIAC

-publicidade-