As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

‘Uma Tarde no Museu’ leva conhecimento e inclusão a deficientes auditivos

Um grupo de 15 alunos deficientes auditivos, do Instituto Filippo Smaldone, tiveram a oportunidade, nesta quinta-feira, 17/10, de conhecer o Museu da Cidade de Manaus, local cujas exposições contam com recursos de acessibilidade. A visita faz parte do projeto “Uma Tarde no Museu”, uma iniciativa da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Os alunos do 9º ano demonstraram entusiasmo logo na primeira sala da exposição. As molduras, que contam a história dos prefeitos da cidade de Manaus, viraram objeto de curiosidade para os estudantes, que se dividiam entre encarar as fotografias ou acompanhar a intérprete de libras.

Irmã Maria, que atua como supervisora no instituto, ressalta a importância dos meios visuais durante a aprendizagem. “Como trabalhamos com a educação de surdos, é fundamental a presença de recursos visuais. Esse tipo de iniciativa possibilita que os alunos tenham acesso a experiências que vão além do cotidiano da escola”, opinou.

O administrador do museu, Leonardo Novelino, reforça que a parceria tem um papel fundamental na construção de uma sociedade mais inclusiva e reflexiva. “O museu tornou-se um local de educação. A nossa proposta é de que os visitantes reflitam sobre si e sobre a cidade em que vivem”, disse.

Durante a visita, a sala que mais chamou a atenção dos jovens foi a que simula o processo da chuva sobre os rios da Amazônia. Chamada de “Rios Voadores”, a sala conta com redomas de vidro, que possibilitam aos alunos a experiência de acompanhar esse ciclo, que encerra com o impacto da poluição sobre o clima regional.

Marcos Vinicius, 17, era um dos mais animados do grupo. “Essa foi a minha primeira visita ao museu, e a minha parte favorita foi a que exibiu as ruínas antigas. A experiência com os óculos de realidade virtual também foi incrível”, afirmou.

O Museu da Cidade de Manaus tem visitação aberta ao público de terça-feira a domingo, inclusive feriados, das 9h às 17h (com última entrada às 16h20), com acesso gratuito, e está localizado no Paço da Liberdade, na rua Gabriel Salgado, no Centro Histórico de Manaus, em frente à praça Dom Pedro II.

Texto – Daniel Brito / Fundo Manaus Solidária

Foto – Marinho Ramos / Semcom

você pode gostar também